Ouvir
Império dos Sentidos
Em Direto
Império dos Sentidos Paulo Alves Guerra / Produção: Ana Paula Ferreira

Concertos

Nanã Sousa Dias 4TO | Tributo a Dexter Gordon | 14 Junho

Cascais Jazz Club

|

Nanã Sousa Dias 4TO | Tributo a Dexter Gordon | 14 Junho Nanã Sousa Dias 4TO | Tributo a Dexter Gordon | 14 Junho

14 Junho | 21h30


Nanã Sousa Dias 4TO 

Tributo a Dexter Gordon

Nanã Sousa Dias, saxofone
George Esteves, piano
Carl Nevitt, contrabaixo
Pedro Oliveira, bateria



Gravação para posterior transmissão 
Produção: Cristina do Carmo



Nanã Sousa Dias | Saxofonista, compositor e produtor discográfico.
Músico autodidacta, nasceu em Torres Vedras, no seio de uma família de músicos amadores. Fez parte do movimento do Rock português, desde 1981, nos grupos de Rui Veloso e Lena D’Água. Simultaneamente, esteve ligado ao Jazz, tendo participado em várias edições do Cascais Jazz, Estoril Jazz e Lisboa Jazz, festivais produzidos pela dupla Luis Villas-Boas / Duarte Mendonça.
Tocou e gravou com centenas de artistas, Rui Veloso, Jorge Palma, Paulo Gonzo, Mariza, Carlos do Carmo, Mafalda Veiga, Gabriela Schaff, Ivan Lins, Lena D’Água, Adelaide Ferreira, Lara Li, Dany Silva, Pedro Abrunhosa, Boss AC, Vitorino, Luis Represas, Janita Salomé, Carlos Mendes, Nancy Vieira, Paulo de Carvalho, Fernando Tordo, Simone de Oliveira, Filipe Mukenga, Carlos Burity, Delfins, José Cid,Tito Paris, Camané, Carlos Guilherme, Vozes da Rádio, Luís Pedro Fonseca, Olavo Bilac, Pedro Osório, Rogério Charraz, Fernando Girão, Né Ladeiras, Tonicha, Maria Viana, Sara Tavares, Filipa Pais, Herman José, Miguel Angelo, Theresa Mayuko, André Sarbib, Miguel Braga, Cherry Garcia, Celina Pereira,Gene Jackson, Minu Cinelu, Omar Hakim, Marcos Resende, John Patitucci, Marcio Montarroyos, entre outros.
Gravou vários discos a solo e participou em mais de duzentos discos, como músico de estúdio, solista de saxofone e flauta.
Como produtor discográfico, trabalhou com Freddie Hubbard, Paquito D'Rivera, Benny Golson, Curtis Fuller, Eddie Henderson, Rick Margitza, George Cables, Steve Slagle, Perico Sambeat, Bob Sands, Bernardo Sassetti, Mário Barreiros, Mário Laginha, Maria João, Carlos Barretto, André Fernandes, François Theberges, Laurent Filipe, Maria Anadon, Big Band do Hot Clube de Portugal, etc.
     

Foto Jorge Carmona / Antena 2

George Esteves | Nasceu a 18 de Outubro de 1978 em Bournemouth, Inglaterra. Frequentou o curso de Piano e composição da Academia de Artes e Novas Tecnologias. Estudou Piano Clássico durante cinco anos. Frequentou os cursos de Piano e Percussão na Escola de Jazz do Hot Club. Em Inglaterra completou, com distinção, o curso BTEC National Diploma in Popular Music no Bournemouth and Poole College.
A solo atuou como cantor e «entertainer» acompanhando-se com sintetizador e piano-solo, em diversos «Pubs» e restaurantes salientando-se o exclusivo Club privado «The Mansion House» em Bournemouth.
Atuou diversas vezes acompanhado pela «Bournemouth Big Band» no «Pavillion Theatre» de Bournemouth e realizou dois espectáculos cantando musica de Frank Sinatra. «Tribute to Frank Sinatra» e «Sinatra Swings Again» acompanhado pela «The Eddie Robinson Orquestra».


    
Foto Jorge Carmona / Antena 2

Carl Nevitt | contrabaixo 



Pedro Oliveira | Construiu o seu primeiro kit quando tinha 9 anos, embora desde muito pequeno tenha mostrado um grande entusiamo pela música, pois nasceu numa familia de músicos amadores, mas com uma paixão enorme pela música. Seu pai canta e toca guitarra, seu avô foi saxofonista na Banda Filarmônica de Monção.
Pedro começou a sua banda quando tinha 14 anos com (João Fragoso e Diogo Mendes – Guitarras, Nuno D’Eça no Baixo e Miguel Silva na voz), com a qual deu 3 concertos. Sempre tocou com os seus amigos, dando alguns concertos na sua escola secundária onde estudou.
Com apenas 17 anos, ainda sem o secundário acabado, recebeu um Scholarship para ir estudar para BIMM (British & Irish Modern Music Institute) em Londres. Começou a sua experiência profissional tocando no O2 Arena no espetacúlo de final de ano da escola, (EOT – End of Term Showcase), onde a seleção era muito minuciosa. Apesar de tudo, decidiu ficar apenas 1 ano pois sua intuição o chamava para estudar algo mais desafiante.
Em 2016, Ingressou na Escola de Jazz Luís Villas Boas entrando diretamente para o 3º nível, dadas a suas capacidades, onde teve aulas com grandes nomes no Jazz Português como Luis Cunha, Bruno Pedroso, Ricardo Toscano, Joel Silva, Tomás Pimentel, César Cardoso, Pedro Viana e Jorge Moniz.
Em 2017, com apenas 19 anos, tocou no Hot Clube de Portugal com o Sexteto de João Fragoso (Guitarrista), tocando com outros músicos de jazz como Bruno Margalho, Samuel Lercher e os seus colegas de curso. No mesmo ano, ingressou também na Big Band do Clube Recreativo de Cruz de Pau.
Recentemente, já trabalha mais frequentemente como músico profissional tendo feito concertos com artistas e de géneros musicais variados.