Ouvir
Boulevard
Em Direto
Boulevard André Pinto

Concertos

Philippe Marques | 11 Abril

Teatro Nacional de São Carlos

|

Philippe Marques | 11 Abril Philippe Marques | 11 Abril

© Jorge Carmona / Antena 2


11 Abril | 18h30

Foyer
Entrada Livre


Philippe Marques, piano






Programa
Sonatas para Piano

João Domingos Bomtempo (1771-1842) - Sonata em sol maior, Op. 18, nº 1
Allegro Moderato Cantabile
Andante Sostenuto
Rondo: Allegro Brillante

- Sonata em sol menor, Op.15, nº 2
Largo Assai con molto Espressione
Presto Assai

Ludwig van Beethoven (1770-1827) "Sonata quasi una fantasia" em mi bemol maior, Op. 27, nº 1
Andante - Allegro - Tempo I
Allegro molto vivace
Adagio con espressione
Allegro vivace - Tempo I - Presto

João Domingos Bomtempo (1771-1842) - Grande Fantasia Op. 14




Concerto gravado para posterior transmissão 
Produção: Anabela Luís




Philippe Marques | Nasceu em 1991 na cidade de Lausanne, na Suíça. Iniciou os seus estudos musicais em 2001 ao ingressar no Conservatório Regional Silva Marques, onde estudou com Catherine C. Paiva. Em 2006 foi admitido na Escola de Música do Conservatório Nacional de Lisboa e lá completou o Curso de Piano com 20 valores, na classe de Hélder Entrudo. Desde então, tem vindo a atuar regularmente em vários locais do país, dos quais se destacam: Jardim de Inverno do Teatro S. Luiz, Cinema S. Jorge, Teatro Nacional de São Carlos, Teatro da Trindade, Centro Cultural de Belém, entre outros. 
Tem participado em recitais transmitidos pela RTP/Antena 2, incluindo um ciclo de três recitais dedicados à apresentação pública da integral das sonatas para piano de J. D. Bomtempo. 
Como solista, apresentou o Concerto para piano nº 1 de F. Liszt com a Orquestra da Escola Superior de Música de Lisboa e o Concerto para piano nº 2 de J. Domingos Bomtempo com a Orquestra Académica da Universidade de Lisboa, sob a direção de Vasco Pearce de Azevedo e Tiago Oliveira, respetivamente. Em 2012 deu concertos a solo em Paris e na Califórnia com obras de F. Lopes-Graça, A. Fragoso, Chopin, Scriabin, entre outros. Em 2014, para além de recitais em Paris, participou igualmente numa digressão ao Brasil apoiada pela Direção Geral das Artes / Governo de Portugal e organizada pelo MPMP, movimento patrimonial pela música portuguesa, tendo-se apresentado em alguns dos principais palcos de cinco cidades – dos quais se destaca o Centro Cultural de São Paulo – unicamente com música de compositores portugueses. No âmbito da mesma digressão, gravou para três rádios brasileiras e para a TV Brasil. 
Ao longo do seu percurso participou também em master classes sob orientação de conceituados professores, entre eles: Luiz de Moura Castro, Sequeira Costa, Artur Pizarro e Dmitri Alexeev. 
Já colaborou com o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa e é membro do Ensemble MPMP. Já estreou obras de vários compositores portugueses e estrangeiros, de entre os quais se destacam Edward Luiz Ayres d’Abreu, Nuno da Rocha, Luís Salgueiro, Daniel Moreira, Hugo Ribeiro e Ana Seara. Colabora regularmente com instituições como a Orquestra Gulbenkian, Orquestra Metropolitana de Lisboa, entre outras. 
Finalizou em 2014, com a máxima classificação, o Mestrado em Música na Escola Superior de Música de Lisboa, sob a orientação de Miguel Henriques. 
Leciona no Conservatório de Música da Metropolitana e na Escola Profissional Metropolitana. Os seus últimos projetos incluem a gravação da integral das sonatas para piano de J. D. Bomtempo, num total de quatro CDs, para a colecção Melographia Portugueza (edições MPMP), bem como de obras de câmara de Ruy Coelho.



Fotos Jorge Carmona / Antena 2