Ouvir
Refletor
Em Direto
Refletor Rui Guimarães

Concertos

Sérgio Carolino e João Barradas | 24 Maio | 19h00

Museu Nacional de Arte Antiga

|

Sérgio Carolino e João Barradas | 24 Maio | 19h00 Sérgio Carolino e João Barradas | 24 Maio | 19h00

Temporada Concertos Antena 2

24 Maio | 19h00

Transmissão direta
a partir do Auditório do 
Museu Nacional de Arte Antiga


Duo Surrealistic Discussion | Sérgio Carolino e João Barradas 

Sérgio Carolino, tuba
João Barradas, acordeão


Programa

Sergei Prokofiev Visões Fugitivas opus 22

Dmitri Chostakovitch - 24 Prelúdios opus 34
arranjo para tuba e acordeão de Daniel Schvetz

Sérgio Carolino e João Barradas - Momentum (improvisação livre)




Quando dois artistas de renome internacional, como é o caso de Sérgio Carolino (tuba) e João Barradas (acordeão), se juntam, sabendo que têm ambos uma visão abrangente e um conceito musical eclético, podemos esperar um programa virtuoso, sem barreiras ou tabus musicais. Exemplo disso, o repertório que escolheram e prepararam para o recital no Museu Nacional de Arte Antiga em Lisboa, que é baseado nas obras que incluem a sua 2.ª edição fonográfica, a editar no final do ano de 2021.
Do repertório a apresentar constam os 24 Prelúdios opus 34, originalmente escritos para piano solo pelo genial compositor russo Dmitri Chostakovitch, aqui apresentados num arranjo para tuba e acordeão concebido pelo compositor e pianista argentino Daniel Schvetz, e ainda as Visões Fugitivas opus 22 de Sergei Prokofiev.
Um diálogo a não perder.






Transmissão direta
Apresentação: João Almeida
Produção: Anabela Luís, Cristina do Carmo



Sérgio Carolino | Colecionador de obras, discos, prémios, elogios, reputação, óculos escuros, hashtags e selfies. Fonte de criatividade e virtuosismo. Eclético, original e visionário. Curioso por definição. Aventureiro por opção. Dono de um coração puro e de Sparky, o Basset Hound. Transpira musicalidade e trabalha para atingir a excelência. Apaixonado pela vida, adora cinema, mitologia, ler, pescar e passar tempo com os seus amigos. Quem se cruza com ele, jamais o esquecerá e sai, desse encontro, humana e profissionalmente mais rico. Desde sempre demonstrou uma grande curiosidade e capacidade para explorar diferentes caminhos e idiomas musicais.
Atualmente a sua reputação internacional, estabeleceu-se pela sua interpretação do repertório standard e contemporâneo para tuba e na sua abordagem estilística ao jazz, funk e à música totalmente improvisada. 
Sérgio Carolino, é um dos mais aclamados tubistas, com atividade constante na qualidade de solista e professor nos mais conceituados festivais, conservatórios e universidades dos cinco continentes. 
Recebeu por cinco vezes o aclamado o ‘Roger Bobo Award Prize’ por Excelência em Gravação (2008, 2010, 2012, 2014 e 2019), o Prémio Carlos Paredes (2004) e o Prémio para TGB, Tubax Duo, Tubab Duo, R’B&Mr.SC, The Postcard Brass Band, XL Duo, Surrealistic Discussion, Duo AR, Subwoof3r, Tuba & Drums Double Duo, Duo Adamastor, Moderato Tangabile, Mr. SC & The Wild Bones Gang, European Tuba Trio, Massive Brass Atack, Intergalactic Vibes, Crossfade Ensemble, correm-lhe nas veias. 
Sérgio Carolino é artista Yamaha, Momo Mouthpieces e Palco Improvisado.




João Barradas | Um dos mais conceituados e amplamente reconhecidos acordeonistas europeus da atualidade, movendo-se entre a música clássica, o jazz e a música improvisada. 
Venceu alguns dos mais prestigiados concursos internacionais, incluindo o Troféu Mundial de Acordeão (duas vezes), a Coupe Mondiale, o Concurso Internacional de Castelfidardo e o Concurso Internacional Okud Istra (Croácia). 
Instrumentista eclético, desempenha um papel ativo na música clássica e contemporânea para acordeão, especialmente no domínio da música de câmara, trabalhando com compositores como Luís Tinoco, Fabrizio Cassol ou Dimitris Andrikopoulos. 
Figura de topo do acordeão contemporâneo, estreou dezenas de peças escritas para ele ao longo dos anos. Além disso, realiza também trabalho de pesquisa, transcrição e composição de música original para o seu instrumento.
Sendo também um notável acordeonista de jazz, João Barradas apresentou-se em importantes palcos internacionais, gravou para a editora discográfica Inner Circle Music, de Nova Iorque, e colaborou com vários artistas de renome, incluindo Greg Osby, Mark Turner, Aka Moon, Mike Stern, Gil Goldstein, Fabrizio Cassol, Mark Colenburg, Jacob Sacks, Miles Okasaki, Rufus Reid ou Jerome Jennings, entre outros. 
O seu primeiro álbum para a Inner Circle, intitulado Directions, foi nomeado para "Melhor Álbum do Ano" pela revista Downbeat.    










A Antena 2 com o Diretor do MNAA, Joaquim Oliveira Caetano, 
e com o subdiretor, Anísio Franco.



Fotos Jorge Carmona / Antena 2