Ouvir
Caleidoscópio
Em Direto
Caleidoscópio DEGUSTAÇÃO MUSICAL

Concertos

Trio Paula Sousa, André Rosinha, Beatriz Nunes | 21 Abril | 19h00

Antena 2 | Liceu Camões

|

Trio Paula Sousa, André Rosinha, Beatriz Nunes | 21 Abril | 19h00 Trio Paula Sousa, André Rosinha, Beatriz Nunes | 21 Abril | 19h00

© Jorge Carmona / Antena 2


Temporada Concertos Antena 2

21 Abril | 19h00

Transmissão direta
a partir do Auditório do 
Liceu Camões 
Concerto à porta fechada      

Trio Paula Sousa, André Rosinha, Beatriz Nunes

Beatriz Nunes, voz
Paula Sousa, piano
André Rosinha, contrabaixo


Programa
À espera do futuro

Chorinho Navegante (Paula Sousa/Pedro Esteves)

À espera do futuro (Paula Sousa)

Quantas horas (Beatriz Nunes)

Girassol (André Rosinha/Beatriz Nunes)

Golpe na sorte (Paula Sousa/ Beatriz Nunes)

A minha avó tinha uma coisa (Paula Sousa)

Olho de pato (Beatriz Nunes)

Voar sobre telhados (André Rosinha)





O novo trio que reúne Paula Sousa, André Rosinha e Beatriz Nunes lança o seu disco À espera do futuro pela editora Nischo em março de 2021. Com trabalhos anteriores em nome próprio reconhecidos pela crítica e público, os três músicos juntam-se agora num disco de composições inéditas da pianista, do contrabaixista e da cantora. 
Após um primeiro concerto na Alemanha em fevereiro de 2020, a afinidade estética dos três músicos entre o jazz, a música erudita e a música de tradição portuguesa, propiciou a colaboração que agora se materializa no lançamento do primeiro disco. 
À espera do futuro deriva de uma sensação de suspensão do tempo, resultado do hiato pandémico em que a maior parte da música foi elaborada, oscilando entre a catástrofe e a esperança.






Transmissão direta
Apresentação: João Almeida
Produção: Anabela Luís, Cristina do Carmo






Paula Sousa | Destacada pela revista Time Out como um dos pianistas jazz nacionais mais relevantes em Portugal, estudou na Berklee College of Music tendo lecionado pela mesma instituição no Equador. 
Foi pianista em bandas pop dos anos 80/90 como Repórter Estrábico e Três Tristes Tigres. Pertence ao grupo Cine Qua Non, tem dois discos em nome próprio Valsa para Terri (2008) e Nirvanix (2010), onde se cruzam o jazz contemporâneo, a irreverência do rock e a universalidade da música clássica.





André Rosinha | É um contrabaixista e compositor português. Integra os projetos de Salvador Sobral desde 2015, Júlio Resende, João Barradas, tendo tocado com protagonistas do jazz nacional e internacional como Mário Laginha, Greg Osby, Abe Rabade ou Perico Sameat.
Tem dois discos em nome próprio: Pórtico (2017) e Árvore (2019) distinguidos pela crítica nacional. 




Beatriz Nunes | Inicia a sua carreira como vocalista do grupo Madredeus, com quem grava Essência (2012) e Capricho Sentimental (2015). 
Em 2018 lança o seu Canto Primeiro, apresentado na European Jazz Conference (CCB, 2018), distinguido como Best Jazz of September na Europe Media Chart. 
Colaborou com vários nomes do jazz nacional e internacional como Pedro Melo Alves, Afonso Pais, Mark Dresser e Eve Risser. 
É professora e encontra-se a desenvolver investigação académica acerca de jazz e estudos de género. 






Fotos Jorge Carmona / Antena 2