Ouvir
Véu Diáfano
Em Direto
Véu Diáfano Pedro Amaral

Cultura

500º Café Plaza | 47 anos do 25 Abril | 9h00

Por Germano Campos

|

500º Café Plaza | 47 anos do 25 Abril | 9h00 500º Café Plaza | 47 anos do 25 Abril | 9h00

No próximo domingo, completam-se 500 emissões de Café Plaza, um programa de Germano Campos galardoado com o Prémio Autores SPA / Rádio em 2019. Também nesse dia, 25 de Abril, comemora-se o 47º ano de um das datas mais importantes da nossa vida coletiva. Efemérides coincidentes que festejamos em mais uma viagem semanal de
 

Café Plaza
Por Germano Campos

sábados | domingos | 9h00


Para ouvir, clicar aqui.


47 anos do 25 de Abril

Quis o destino e o calendário, que o Café Plaza assinalasse as 500 emissões no dia 25 de Abril, um dos mais importantes da nossa vida coletiva dos últimos 47 anos.

Anualmente, recordamos o que aconteceu naquele dia, através de múltiplos gravações que a rádio portuguesa guardou para posteridade.
Mas este ano vamos ouvir o que sucedeu em termos musicais entre 1970 e Abril de 1974 (na emissão de sábado, 24 Abril) e depois dessa data (no próprio Dia da Liberdade). Começamos por escutar um excerto histórico do programa "Limite", de onde foi emitida a segunda senha do 25 de Abril, seguido - por ordem cronológica - dos acontecimentos em Lisboa, intercalados com muitas das canções que marcaram aquela época, entre as quais:
Liberdade de Sérgio Godinho, Filhos da Madrugada de José Afonso, Somos Livres de Ermelinda Duarte, Portugal RessuscitadoMudam-se os Tempos, de José Mário Branco, Vozes ao Alto pelo Coro da Universidade de Lisboa, e Madrugada de Duarte Mendes; ouvem-se ainda poemas de Ary dos Santos e Sophia de Mello Breyner.
Germano Campos


Café Plaza | 500 emissões

Nos dias que correm, chegar às 500 emissões de um programa bissemanal de rádio é, já por si, uma vitória, dada a velocidade com que tudo acontece e as mudanças rápidas que os tempos vão impondo.

Este é um desafio que me apaixona diariamente e com o qual tenho descoberto histórias e memórias há muito caídas no esquecimento, e que adoro partilhar com os ouvintes, não só a nível musical, mas também de história e acontecimentos passados.

Café Plaza conheceu um primeiro ciclo de vida durante os seis primeiros meses de 2006 - era emitido apenas aos domingos entre as 7 e as 10 horas da manhã -, mas alterações na grelha da Antena 2, fizeram com que se ausentasse durante 10 anos, para regressar no atual formato a 02 de Julho de 2016.

Pensado como uma viagem ao passado, não é, porém, uma emissão saudosista ou nostálgica, pois apoia-se muito (e também) na atualidade e nos factos do presente, homenageando quem partiu e que deixou obra feita em várias áreas de atividade.

Aproveito para agradecer aos colegas do Arquivo Histórico da RDP, que "esgravatam" sons há muito adormecidos e que raramente conhecem a luz do dia ou voltam a ser ouvidos, mas que no "Café Plaza" acabam por ganhar nova vida, depois de devidamente contextualizados.

Há dois anos - em Março de 2019 - este programa e a Antena 2 estiveram de parabéns, após receberem o Prémio Rádio da Sociedade Portuguesa de Autores (o mais importante galardão para emissões radiofónicas em Portugal) que, claro, me encheram de orgulho, mas com uma acrescida responsabilidade, de modo a nunca desiludir os ouvintes e mantê-los colados à rádio, mas também a todas as outras plataformas digitais onde o programa pode ser acompanhado, em direto ou em podcast, onde se mantém para consulta a qualquer dia e hora.

Por fim, e não menos importante, é a página que o Café Plaza mantém no Facebook, que diariamente atualize a sua informação e partilha notícias que acabam por complementar as emissões via rádio. Mais um veículo de interacção entre quem faz e acompanha esta emissão bissemanal de rádio, que agora ultrapassa as 500 emissões!

Germano Campos