Ouvir
Caleidoscópio
Em Direto
Caleidoscópio SEIS CORDAS PARA UM PAÍS

Cultura

Festival Literário da Madeira | 14 a 18 de Março

Literatura e a Web – entre o medo e a liberdade

|

Festival Literário da Madeira | 14 a 18 de Março Festival Literário da Madeira | 14 a 18 de Março


14 a 18 de Março

Teatro Municipal Baltazar Dias
Funchal


Literatura e a Web – entre o medo e a liberdade é o tema da edição deste ano do Festival Literário da Madeira.
De terça a sábado, vão decorrer inúmeros encontros, debates, lançamentos de livros, concertos, sessões de autógrafos, entre outros momentos, no Funchal e noutros locais da ilha.

Logo a abrir esta 7ª edição do festival, destaque para a sessão de abertura com a premiada com o Nobel da Literatura, em 2015, a escritora bielorussa Svetlana Alexievich que conversa com Luís Caetano, partindo de uma interrogação sua: "Haverá algo mais assustador do que o homem?"

Outros escritores vindos de Angola, Brasil, Irlanda e dos EUA, juntam-se a escritores nacionais para partilhar ideias e experiências literárias, em sete Conversas que vão decorrer nomeadamente no Teatro Baltazar Dias e que posteriormente serão transmitidas pela Antena 2.

A encerrar o festival, o escritor norte-americano Adam Johnson e Miguel Sousa Tavares conversam, sob a moderação de Paulo Moura, acerca de "A loucura não é loucura quando partilhada".


A Antena 2, com Luís Caetano, vai acompanhar o Festival Literário da Madeira, nas Conversas e lançamentos de livros, mas também percorrendo bastidores e estabelecendo outros diálogos com os escritores, e que em breve são emitidos em antena.

[Mais informações sobre estas emissões em breve, aqui]




Programação  do Festival

14 Mar. | 18h00 ==== CANCELADO====

Sessão de Abertura
Haverá algo mais assustador do que o homem? (Svetlana Alexievich)

Participação: Svetlana Alexievich
Moderação: Luís Caetano
Idioma: Russo > Português [Tradução simultânea disponível]



15 Mar. | 18h00 

Conversa
Queremos transformar o mundo e somos incapazes de nos transformar a nós próprios (Pepetela)

Participação: Pepetela | Ondjaki
Moderação: Fernando Alves




15 Mar. | 20h00

Lançamento do livro

Pés Alados - Biografia de Telmo Ferreira, de Sandra Nobre, 
com atuação de Telmo Ferreira / Grupo Dançando com a Diferença
Apresentação: Henrique Amoedo


16 Mar. | 10h30
Auditório Fórum de Machico

Conversa
A nossa liberdade começa onde podemos impedir a do outro (Millôr Fernandes)

Participação: Valter Hugo Mãe | Marcelino Freire
Moderação: Sónia Silva Franco


16 Mar. | 10h30 
Auditório Centro das Artes - Casa das Mudas
Calheta 

Conversa
A solidão é por vezes a melhor sociedade (John Milton)

Participação: Pepetela | Ondjaki
Moderação: João Céu e Silva



16 Mar. | 18h00 

Conversa
Se queres manter um segredo, tens de escondê-lo de ti mesmo (George Orwell)

Participação: Valter Hugo Mãe | Marcelino Freire
Moderação: Maria João Costa




16 Mar. | 20h00 

Lançamento do livro
Nossos Ossos, de Marcelino Freire
Apresentação: Valter Hugo Mãe


17 Mar. | 17h00 

Apresentação do livro

Depois do fim, de Paulo Moura
Apresentação: Fernando Alves


17 Mar. | 18h00 

Conversa
Ser deixado sozinho é a coisa mais preciosa que se pode pedir do mundo moderno (Anthony Burgess)

Participação: Pedro Mexia | Daniel Jonas | Maria Fernandes
Moderação: Susana de Figueiredo



18 Mar. | 11h00 

Conversa
Tudo me é permitido, mas não me deixarei ser controlado por nada (1 Coríntios 6:12) 

Participação: Viriato Soromenho-Marques | Frederico Lourenço
Moderação: Madalena Nunes



18 Mar. | 15h00 

Conversa
(…) a linguagem é uma das prisões mais terríveis e está sempre à nossa espera (Julio Cortázar)

Participação: Eimear McBride | Tatiana Salem Levy
Moderação: Ana Daniela Soares
Idioma: Inglês > Português [Tradução simultânea disponível]



18 Mar. | 17h00 

Sessão de Encerramento
A loucura não é loucura quando partilhada. (Zygmunt Bauman)

Participação: Adam Johnson | Miguel Sousa Tavares
Moderação: Paulo Moura
Idioma: Inglês > Português [Tradução simultânea disponível]



17 Mar. | 18 Mar. | 21h00 

Espetáculo Musical

O Horizonte | Teresa Salgueiro

Teresa Salgueiro está de volta com O Horizonte, novo álbum com que finca os pés no presente que promete ser uma agradável surpresa até para os seus mais devotos fãs, composto por material inteiramente original. Na ocasião, Teresa Salgueiro não deixará certamente de celebrar as três décadas da sua rica carreira recordando alguns marcos do seu percurso de três décadas, iniciado, ainda adolescente, com os Madredeus em 1986, e prosseguido, a partir de 2008, em nome próprio, garantiu-lhe sólido reconhecimento internacional e um carinho muito especial por parte do público português que se habituou a encontrar na sua voz uma das mais belas marcas da sua própria identidade. 







Para mais informações, clicar aqui.