Ouvir
Vale a Pena Ouvir
Em Direto
Vale a Pena Ouvir Reinaldo Francisco

Cultura

Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa

A Biblioteca fundamental da Língua e da Cultura Portuguesas

|

Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa

© Jorge Carmona / Antena 2


No dia 12 de Setembro de 2017 foi lançado, na Fundação Gulbenkian, Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa, projeto resultante da maior operação científica interdisciplinar da história da cultura portuguesa.

Desde o nascimento do português, inúmeros autores deram, na nossa língua comum, importantes passos pioneiros nas várias áreas da cultura, do saber e da ciência. 
As 80 obras, em 30 volumes, selecionam os textos e documentos reveladores do pioneirismo em Portugal nos domínios da arte, ciências exatas e ciências humanas, na literatura, na música e em outras áreas do conhecimento


Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa

Este projeto, que pretende revelar o ADN da língua e da cultura portuguesas, é dirigido por José Eduardo Franco, diretor da Cátedra Infante D. Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e Globalização da Universidade Aberta, e por Carlos Fiolhais, físico, ensaísta, e professor na Universidade de Coimbra

Estes dois responsáveis deste grande projecto editorial e científico foram entrevistados por Luís Caetano, numa conversa emitida a 13 de Setembro, em A Ronda da Noite.
Para ouvir, clicar aqui.





Ao longo de 2018 são entrevistados os vários coordenadores de cada um dos 30 volumes, conversas que são transmitidas no programa de Luís Caetano.
Para ouvir, ver abaixo, associado ao respetivo volume.


A Biblioteca Fundamental da Língua e da Cultura Portuguesas

O acesso do grande público aos clássicos portugueses estava ainda por fazer. As Obras Pioneiras garantem que todos têm acesso a esse intemporal e valioso legado que os portugueses foram construindo ao longo de séculos e séculos de história. 

Este projeto foi realizado 
- por uma equipa multidisciplinar de 174 elementos: 45 investigadores, 58 especialistas coordenadores dos volumes, 71 consultores nacionais e internacionais; 
- com colaboradores provenientes de 46 instituições: universidades nacionais e internacionais, institutos politécnicos, centros de investigação e academias; 
- reúne obras e documentos patentes em 55 bibliotecas e arquivos nacionais e estrangeiros. 
Os textos de todas as obras foram transcritos, fixados e criteriosamente atualizados a partir das suas versões primeiras, as originais, os manuscritos mais completos ou as primeiras edições.

Com o Alto Patrocínio de Sua Excelência o Presidente da República Portuguesa, sob a égide da Universidade de Coimbra e da Universidade Aberta, e contando ainda com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian, da Biblioteca Nacional de Portugal e do Ministério da Educação, esta é uma Obra, publicada pelo Círculo de Leitores, imprime uma profunda marca na cultura portuguesa.



Coleção em 30 volumes

Vol. 1 | Primeiros Textos em Português (seleção) | Coordenação de José António Souto Cabo (professor na Faculdade de Filologia da Universidade de Santiago de Compostela)
É nas cantigas trovadorescas que encontramos a mais antiga expressão literária da língua portuguesa. Reúne-se neste volume uma antologia de cantigas de amor, de amigo, e de escárnio e mal-dizer, bem como uma seleção de prosa literária e os primeiros exemplos documentados do uso do português em textos não literários.
Em A Ronda da Noite | 23 Abril 
Para ouvir, clicar aqui [a partir do min. 7:15]





Vol. 2 | Primeiros textos de História e Primeiro Tratado de Hieráldica | Coordenação: Cristina Trindade, Filipe Moreira, João Luís Cardoso, Luísa Paolinelli, Pedro Sameiro, Rui Carita
Sécs. XIII, XVI,XVII e XIX

Vol. 3 | Primeiros livros de edificação e Primeira biografia | Coordenação: Aida Sampaio Lemos, António Rebelo, Ernesto Rodrigues, Maria Antónia Lopes,
Porfírio Pinto
Sécs. XIV, XV, XVI
Para ouvir a entrevista com Aida Lemos, responsável pela definição dos critérios linguísticos destas Obras Pioneiras da Língua Portuguesa, e coordenadora deste e do vol. 11 (ver abaixo), em A Ronda da Noite, de 17 de Abril, clicar aqui [a partir do min. 5.40]







Vol. 4 | Primeiros relatos de viagens e descobrimento | Coordenação: Alexandra Pelúcia, João Paulo Oliveira e Costa, Luís Machado de Abreu
Sécs. XV e XVI

Vol. 5 | Primeiros textos de ética social e política | Coordenação: António Moniz e Paulo Drumond Braga
Sécs. XV e XVI

Vol. 6 | Primeiros escritos de geografia e ecologia | Coordenação: Alexandra Pelúcia, Alexandra Ribeiro, João Paulo Oliveira e Costa, José Miguel Pereira,
Orlando Gama e Viriato Soromenho-Marques
Sécs. XVI, XVII e XIX

Vol. 7 | Primeiras obras de dramaturgia (seleção) | Coordenação: Miguel Real e Ricardo Ventura
Séc. XVI

Vol. 8 |  Primeiros livros de didática religiosa | Coordenação: Isaías Hipólito, Jorge Barbosa, José Carlos Lopes de Miranda, Porfírio Pinto.
Séc. XVI

Vol. 9 |  Primeiras obras de marinharia e guerra marítima | Coordenação: António Costa Canas
Séc. XVI

Vol. 10 | Primeiro romance de cavalaria e primeira novela sentimental | Coordenação: Isabel Morujão e Ricardo Ventura
Séc. XVI

Vol. 11 | Primeiras gramáticas da língua portuguesa | Coordenação: Aida Sampaio Lemos e José Eduardo Franco
Séc. XVI

Vol. 12 Primeiros tratados de pintura | Coordenação: Patrícia Monteiro e Vítor Serrão 
Sécs. XVI e XVII

Vol. 13 | Primeiro tratado jurídico | Coordenação: Pedro Barbas Homem e Pedro Caridade Freitas
Séc. XVI

Vol. 14 |  Primeiros textos sobre igualdade e dignidade humana | Coordenação: Daniel Pires, Fernando Augusto Machado, José Eduardo Franco, Maria Antónia Lopes e Susana Alves-Jesus.
Sécs. XVI, XVII,XVIII e XIX

Vol. 15 | Primeiro livro de botânica | Coordenação: Jorge Américo Rodrigues de Paiva
Séc. XVI

Vol. 16 | Primeiras obras de arquitetura | Coordenação: Joana Balsa de Pinho e João Vieira Caldas
Séc. XVI

Vol. 17 | Primeira epopeia | Coordenação: José Carlos Seabra Pereira e Martinho Soares
Séc. XVI

Vol. 18 | Primeiros escritos de economia | Coordenação: André Costa, Guilherme d'Oliveira Martins, Renato Pistola
Séc. XVII

Vol. 19 Primeira obra de aventura e contactos intercivilizacionais | Coordenação: Amélia Polónia e Rosa Capelão
Séc. XVII

Vol. 20 | Primeiros tratados de música | Coordenação: Rui Vieira Nery
Séc. XVII

Vol. 21 | Primeiro livro de cozinha | Coordenação: Isabel Drumond Braga
Séc. XVII

Vol. 22 | Primeiros escritos de medicina, farmácia e enfermagem | Coordenação: A. Moutinho Borges, João Rui Pita e Luís Gonzaga Ribeiro
Séc. XVIII

Vol. 23 | Primeira arte de retórica | Coordenação: Belmiro Fernandes Pereira
Séc. XVIII

Vol. 24 | Primeiro tratado de cabala | Coordenação: Manuel Curado
Séc. XVIII

Vol. 25 | Primeiro tratado de engenharia | Coordenação: Décio Ruivo Martins
Séc. XVIII

Vol. 26 | Primeiras narrativas de naufrágios | Coordenação: António Moniz
Séc. XVIII

Vol. 27 | Primeiro tratado pedagógico | Coordenação: Adelino Cardoso
Séc. XVIII

Vol. 28 | Primeira arte poética | Coordenação: Micaela Ramon
Séc. XVIII

Vol. 29 | Primeiro tratado de física | Coordenação: Carlos Fiolhais
Séc. XVIII
Teodoro de Almeida (1722‑1804), figura maior do Iluminismo português, deu um contributo notável para a renovação da ciência e da cultura científica, aquém e além-fronteiras. A Recreação filosóficarevela a existência, a meio do século XIX, de um ensino atualizado e de uma cultura científica moderna. Escrito em forma de diálogo, o livro é não apenas um compêndio de física, mas constitui também um livro de divulgação, tendo obtido amplo reconhecimento.

Vol. 30 | Primeiro tratado de química | Coordenação: António Amorim da Costa
Séc. XVIII





Mais informação em

- Obras Pioneiras da Cultura Portuguesa (facebook)

ou 





Fotos Jorge Carmona /Antena 2 RTP