Ouvir
Jazz a 2
Em Direto
Jazz a 2 João Moreira dos Santos / Maria Alexandra Corvela / Luís Caetano / Produção: Cristina do Carmo

Destaques

Caleidoscópio I | Sábado 22h00 | Segunda 13h00 | Quarta 5h00

Música na Primeira Pessoa | Jonathan Ayerst

|

Caleidoscópio I | Sábado 22h00 | Segunda 13h00 | Quarta 5h00 Caleidoscópio I | Sábado 22h00 | Segunda 13h00 | Quarta 5h00

A Antena 2 estreia no início de Julho uma nova série do programa Caleidoscópio, intitulada Música na Primeira Pessoa, da autoria de Jonathan Ayerst. Até 26 de Setembro.


Sábados 22h00 | 2ª feiras 13h00 | 4ª feiras 5h00


Música na Primeira Pessoa 

Realização de Jonathan Ayerst
Locução de Tiago Morin


Nesta série de treze programas, o músico britânico Jonathan Ayerst fala sobre todos os aspectos da sua vida e experiência musicais. 
Tendo trabalhado com o Remix Ensemble na Casa da Música desde 2000, Jonathan Ayerst é mais conhecido em Portugal como intérprete de música contemporânea, mas também e mais recentemente como organista e maestro coral desde que fundou o conjunto vocal Capella Duriensis em 2012. 
Contudo, estes programas proporcionam e iluminam um percurso individual. Abrangendo quase cinco décadas, este é um relato profundamente pessoal, honesto e absorvente, de uma vida musical que começou nas catedrais da Inglaterra. Jonathan Ayerst relata a sua vida no colégio interno, estudando música como menino do coro, antes da aprendizagem para uma carreira como pianista clássico. Narra as suas primeiras dificuldades para sobreviver como músico freelancer em Londres - o seu amor pela música de câmara, as tentativas desastrosas como artista de rua, as sua dúvidas sobre a vida de artista solo, a experiência em muitos trabalhos freelancers, das escolas de ballet e companhias de ópera aos trabalhos com celebridades da televisão. 
Ao longo destes relatos, Jonathan vai compartilhando as suas ideias e descobertas musicais, descrevendo-as como uma contínua e incessante procura dos autênticos valores musicais e de realização criativa. É essa busca, que o trouxe do Reino Unido para Portugal, que também o faz encarar o desafio da improvisação nos estilos clássicos. Jonathan Ayerst tem documentado a experiência de aprendizagem de improvisar como matéria de investigação do seu Doutoramento em Psicologia, e compartilha esse percurso musical nos últimos programas de Música na Primeira Pessoa.




Programas

Prog. 1 | 4 Julho
Improvisação e a sociedade
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 2 | 11 Julho
Improvisação e aprendizagem
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 3 | 18 Julho
Dois retratos de músicos de câmara
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 4 | 25 Julho
Música de câmara
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 5 | 1 Agosto
Acerca de Música Contemporânea I
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 6 | 8 Agosto
Acerca de Música Contemporânea II
Para ouvir, clicar aqui.





Prog. 7 | 15 Agosto
Virtuosismo
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 8 | 22 Agosto
Música coral I
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 9 | 29 Agosto
Música coral II
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 10 | 5 Setembro
Retrospetiva de um pianista
Para ouvir, clicar aqui.




Prog. 11 | 12 Setembro
Aprender a improvisar I
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 12 | 19 Setembro
Aprender a improvisar II
Para ouvir, clicar aqui.


Prog. 13 | 26 Setembro
Aprender a improvisar III
Para ouvir, clicar aqui.



© Cláudia Moura

Jonathan Ayerst | Iniciou os estudos musicais aos 7 anos de idade, como menino corista na Catedral de Truro e depois na Escola da Catedral de Wells, no Reino Unido. Depois de decidir especializar-se em piano, foi premiado com bolsas de estudo para aprofundar conhecimentos na Royal Academy of Music, tendo terminado estes estudos com aulas particulares com a pianista arménia Nellie Akopian.
Em 2000 foi nomeado pianista do Remix Ensemble Casa da Música, com o qual participou, muitas vezes como solista, em festivais em Valência, Roterdão, Huddersfield, Barcelona, Estrasburgo, Paris, Orleães, Reims, Antuérpia, Madrid, Budapeste, Norrköping, Viena, Witten, Berlim, Amesterdão e Bruxelas. Tocou recentemente a obra Islands para piano e ensemble de Luca Francesconi na Tonhalle de Zurique.
Paralelamente, no Reino Unido, foi organista principal na Igreja de St. Benet Fink em Londres e deu concertos de órgão na Alemanha, Reino Unido e Porto. Nos seus recitais estão incluídas composições suas, editadas pela Warwick Music. Em 2009 foi galardoado com o ARCO (Associate of the Royal College of Organists), recebendo também o Prémio Sawyer and Durrant. Em 2011 foi nomeado Fellow of the Royal College of Organists (FRCO).
Nas últimas anos, Jonathan Ayerst tem desenvolvido um interesse pela psicologia musical, completando um mestrado nesta área na Universidade de Sheffield. Em 2016 recebeu a Charles Alan Bryars Organ Scholarship da mesma universidade, para iniciar o Doutoramento com o título Um Estudo Psicológico da improvisação na música clássica com ênfase especial nas técnicas de aprendizagem. Como parte do programa de doutoramento, completou recentamente um ano de estudos de improvisação com o organista e compositor Júrgen Essl no Muilhochschule de Estugarda. 
Desde 2018, tem-se apresentado por toda a Europa em recitais de obras improvisadas, particularmente em idiomas do período Barroco.