Ouvir
Véu Diáfano
Em Direto
Véu Diáfano Pedro Amaral

Destaques

Das Tripas Coração | 4ª feira | 11h00 | 15h00

Por António Sá-Dantas

|

Das Tripas Coração | 4ª feira | 11h00 | 15h00 Das Tripas Coração | 4ª feira | 11h00 | 15h00

A Antena 2 apresenta a partir de 5 de maio, dia mundial da língua portuguesa, e durante 10 semanas às 4as feiras pelas 11h00 com repetição às 15h00, um novo programa da autoria de António Sá-Dantas. Das Tripas Coração é um desafio que junta novos compositores à música tradicional portuguesa.


4as feiras | 11h00 | 15h00 (rep.)


Das Tripas Coração

Por António Sá-Dantas


Das Tripas Coração é um programa de rubricas musicais, com nova música criada a partir da música tradicional portuguesa. 
Sob direção artística de António Sá-Dantas, este projeto começou com uma chamada lançada pelo ensemble Cat's Cradle Collective, desafiando compositores portugueses no Reino Unido a criar nova música baseada em música tradicional portuguesa. 
Deste desafio resultaram 10 rubricas musicais, na qual se exploram 10 obras novas, pelos compositores António Sá-Dantas, Tália, Rodrigo Cardoso, Jorge Ramos, Luís Mota e Martim Pocinho, todas elas únicas e inspiradas em música tradicional. 
Em cada episódio ouvirá uma micro-entrevista, assim como a versão original da música tradicional que serviu de inspiração e a interpretação da música nova tocada pelo ensemble Cat's Cradle Collective.

Com estreia de transmissão em Portugal no dia 5 de Maio, dia mundial da língua portuguesa, este projeto celebra não só tradição, mas acima de tudo como, com base nela, se conseguem voos para novos mundos, com mais imaginação e liberdade.

Uma segunda versão de Das Tripas Coração, desta vez aberta a todos os/as compositores/as portugueses/as pelo mundo, está planeada para o fim de 2021.

Mais informação em Cat's Cradle Collective
Este projeto foi criado com o apoio do Instituto Camões.



Programas

5 Maio | 1º episódio
menino, de António Sá-Dantas
inspirado pelas canções tradicionais Natal de Elvas, incluindo um poema (cantado) de Fernando Pessoa.
Para ouvir, clicar aqui.

12 Maio | 2º episódio
Castanhas, de Luis Mota
inspirado na canção tradicional Castanhas (festas de S. Martinho) e D. Solidom

19 Maio | 3º episódio
One Melody from Pico, de Rodrigo Cardoso
inspirado na canção tradicional Ih! quando meu pai morreu.

26 Maio | 4º episódio
Plug-In, de Jorge Ramos
inspirado na canção tradicional Lá vai uma lá vão duas.


2 Junho | 5º episódio
Oh Laurindinha, de Talia
inspirado na canção tradicional com o mesmo título.


9 Junho | 6º episódio
Barqueiro, de Martim Pocinho
inspirado na canção tradicional com o mesmo título.


16 Junho | 7º episódio
Meu lírio roxo do campo, de Martim Pocinho
inspirado na canção tradicional com o mesmo título.


23 Junho | 8º episódio
One Melody from Madeira, de Rodrigo Cardoso
inspirado na canção tradicional Ao passar a Ribeirinha


30 Junho | 9º episódio
Jo Sezito Bach, de Luis Mota
inspirado pelas canções tradicionais Josezito já te tenho dito, aludindo também a Bach’s Giga da Partita nº 2 para Violino solo, e Toccata e Fuga em Ré Menor.


7 Juiho | 10º episódio
O.M.I. - Over My Imagination, de António Sá-Dantas
inspirado pelas canções tradicionais Oh Papão, Lá vai o Comboio, O mar enrola na areia e Alecrim aos molhos




@ Jorge Carmona / Antena 2

António Sá-Dantas | Compositor, maestro e contratenor, assim como fundador, diretor artístico e maestro principal da orquestra de câmara Cat’s Cradle Collective, sediada em Londres. 
Como compositor, recebeu encomendas para composições de entidades como a rádio nacional austríaca Ö1 e a rádio nacional portuguesa Antena 2, para quem fez o teatro sonoro radiofónico “Eine Schwalbe falten” e a adaptação portuguesa “Dobrar uma Andorinha”, com Rita Blanco no papel principal. Foi também Jovem Compositor em Residência da Casa da Música no Porto em 2016 e recebeu o 2º prémio do concurso internacional Styria Cantat pela sua obra coral “Cantos”. Com Clara Andermatt e Jonas Runa, António co-criou a performance de dança e música “Suspensão”, apresentada várias vezes em Portugal, inclusivamente no CCB, onde também já teve as suas obras estreadas.
Como contra-tenor estreou várias obras, incluindo a horripilantemente excitante obra “100 Frankensteins” de Darren Sng e tem ampla experiência na interpretação de repertório renascentista. 
António tem licenciaturas em composição e direção de orquestra pela Kunstuniversität Graz (Áustria), onde estudou com Beat Furrer, e um mestrado em composição do Royal College of Music Londres, onde estudou com Jonathan Cole.
Atualmente, António está a criar um novo teatro radiofónico encomendado pela Antena 2 baseado na obra “As Cidades Invisíveis” de Italo Calvino, que contará com a participação de um elenco único e variado com Clara Andermatt, Fernando Luis, Isabel Zuaa, Cleo Tavares, Igor Regalla, Francisco Arraiol, Mariana Pacheco de Medeiros, Venâncio Calisto e Nadia Yracema, a ser transmitido com música original no final de 2021.