Ouvir
Coreto
Em Direto
Coreto Jorge Costa Pinto

Destaques

O Sopro do Diabo | 6, 13, 20 e 27 Novembro | 14h30

Um programa de Henrique Portovedo

|

O Sopro do Diabo | 6, 13, 20 e 27 Novembro | 14h30 O Sopro do Diabo | 6, 13, 20 e 27 Novembro | 14h30

A 6 de Novembro, a Antena 2 começa a apresentar um novo programa, de 4 espisódios, celebrando um dos mais recentes instrumentos, o Saxofone. O seu inventor, Adolphe Sax (1814-1894), nasceu este dia há 106 anos, em Dinant na Bélgica.


6, 13, 20 e 27 Novembro | 14h30


O Sopro do Diabo 
Para uma história do saxofone

por Henrique Portovedo


Existem instrumentos musicais que, para além do seu timbre, nos transportam para um campo imaginário extenso, seja pela estética musical, seja por uma simbologia associada a determinados contextos histórico-sociais. Entre estes está definitivamente o Saxofone!

A Antena 2, através de quatro programas, decide evocar os 180 anos desde que Adolphe Sax começou a trabalhar sobre um novo instrumento a que veio dar o seu próprio nome, patenteado apenas em 1946 através uma família instrumental de quatro vozes distintas, mas que já em 1942 teria merecido a atenção do compositor Hector Berlioz.

Em O Sopro do Diabo: Para uma história do saxofone, Henrique Portovedo leva-nos a percorrer os caminhos da extraordinária criação de Adolphe Sax, um dos mais recentes instrumentos a serem inventados na história da música erudita e ao qual tantos músicos se submeteram tão voluntariamente ao seu encanto, ao passo que tantos outros, quiçá assustados pelo seu charme diabólico o tentaram suprimir.



Programa 1 | 6 Novembro
As origens e Revolução
Para ouvir, clicar aqui.

Programa 2 | 13 Novembro
A proliferação do timbre instrumental
Para ouvir, clicar aqui.

Programa 3 | 20 Novembro
A redescoberta no Jazz
Para ouvir, clicar aqui.

Programa 4 | 27 Novembro
Um instrumento para o século XXI
Para ouvir, clicar aqui.




Henrique Portovedo encontra o seu lugar na musica contemporânea trabalhando com compositores como R. Barret, P. Ferreira Lopes, C. Barlow, C. Roads, P. Ablinger, P. Niblock, M. Edwards, I. Silva, S. Carvalho, L. Carvalho, R. Ribeiro, M. Azguime, entre muitos outros. Portovedo estreou mais de 40 obras a si dedicadas. Apresentou-se a solo com inúmeras orquestras e ensembles incluindo Cantus Ensemble, Chronos Contemporary Music Ensemble, L’Orchestre d’Harmonie de la Garde Republican, Trinity College of Music Wind Orchestra, Orquestra de Sopros da Universidade de Aveiro, Sond'Art Electric Ensemble, etc. 
Co-fundador de Quadquartet e Director Artístico de Aveiro SaxFest, tem o seu trabalho discográfico editado por diversas editoras como Naxos, Universal, PadRecords, R’Roots Productions etc. 
Foi premiado com Prémio de Mérito da Fundação António Pascoal, Prémio de Mérito Artístico Fundação Eng. António de Almeida, 1st Prize of the International Youth Soloist Contest Purmerend. Recebeu em 2007 e 2008 vários Trinity Music Awards em Londres. Em 2012 foi premiado com o Prémio Jovens Criadores pelo Instituto Português de Artes e Ideias. Em 2014 foi premiado com o Prémio do Centro Nacional de Cultura na área da música. Tem sido artista em residência no ZKM Karlsruhe, visiting researcher na Edinburgh University e Fulbright Visiting Researcher no MAT University of Califonia Santa Barbara. 
Henrique é membro fundador do European Saxophone Comité, Tenor Sax Collective, Presidente da Associação Portuguesa do Saxofone e foi director artístico do European Saxophone Congress 2017. Enquanto investigador na área da Ciência e Tecnologia das Artes no CITAR, Escola das Artes da Universidade Católica Portuguesa foram-lhe atribuídos financiamentos de investigação pela FCT e Fulbright. 
Portovedo é regularmente convidado para ministrar masterclasses e concertos em alguns dos mais prestigiantes festivais e conservatórios superiores tais como Real Conservatorio Superior de Musica de Madrid, Conservatoire Royal de Bruxelles, Maallorca SaxFest and Conservatori Superior de Música de les Illes Balears, Trinity Laban Conservatoire of Music & Dance, Hochschule fur Musik Karlsruhe, entre muitos outros.