Ouvir
Boulevard
Em Direto
Boulevard André Pinto

Destaques

Pausa para Dançar | 2ª a 6ª feira | 07h55 | 11h55 | 15h55

por João Godinho

|

Pausa para Dançar | 2ª a 6ª feira | 07h55 | 11h55 | 15h55 Pausa para Dançar | 2ª a 6ª feira | 07h55 | 11h55 | 15h55

A partir da foto de Willa Mae Ricker e Leon James © Gjon Mili/Time Life Pictures/Getty Images, 1943


A música junta-se à dança ou a dança junta-se à música, a partir de 1 de Janeiro na Antena 2, numa rubrica diária da autoria de João Godinho. Um convite à dança e ao movimento corporal.


2ª a 6ª feira | 07h55 | 11h55 (rep.) | 15h55 (rep.) 


Pausa para Dançar
por João Godinho


Pausa para Dançar é um convite à dança. 

Propõe-se uma viagem transversal pelo vastíssimo leque de géneros musicais que estão associados a uma dança. Haverá espaço não só para a música erudita mas também para música tradicional portuguesa, música étnica, danças europeias, músicas urbanas, jazz, música de filmes... São bem-vindos todos os ritmos e sons que se inspirem na dança ou, simplesmente, que puxem para dançar.


Para ouvir, clicar aqui.





Pausa para Dançar é também um pequeno manifesto contra o sedentarismo que se tem vindo a instalar nas nossas profissões e estilos de vida.




© Rita Delille

João Godinho | Nasceu em Lisboa em 1976, começou a estudar música aos 6 anos, tendo escolhido o piano como instrumento. Durante a sua juventude foi surgindo o gosto pela composição e pela improvisação, essencialmente como autodidata. Concluíu o curso de Composição na Escola Superior de Música de Lisboa em 2005. 
Como compositor tem-se dedicado sobretudo à escrita para piano e para música de câmara, tendo parte deste trabalho estado associado a espetáculos de dança contemporânea, dos quais se destaca Nocturno, um espetáculo de Joana Gama e Victor Hugo Pontes dirigido ao público infantil, com música publicada em disco e partitura e que, desde a estreia em 2017, conta já com mais de 75 apresentações. Em Julho de 2019 estreou, na Konzerthaus de Berlim e no Centro Cultural de Belém em Lisboa, a peça Alcance, para 5 solistas e orquestra sinfónica (Jovem Orquestra Portuguesa, sob a direção de Pedro Carneiro), uma encomenda da OCPsolidária em parceria com a CERCI-Oeiras, tendo neste contexto sido distinguido com o Prémio Compositor Europeu 2019. 
Além da música erudita, a sua atividade como compositor abrange também o fado, o jazz, a música tradicional e outros universos. 
Começou a estudar concertina em 2015 com Eva Parmenter e em 2019 estreou com Inês Lopes um duo de concertinas dedicado à reinterpretação de música tradicional portuguesa para contexto de baile, Não És Tu Sou Eu.   
Em parceria com Alexandra Ávila, é fundador e diretor artístico da Lisbon Jazz Summer School, da Big Band Júnior e da Associação Orelha Viva. Entre 2007 e 2010 trabalhou no Centro Cultural de Belém enquanto assessor de imprensa e como programador na área da música. Colabora esporadicamente com a Antena 2, tendo sido autor dos programas Que música é esta (2003)Fora de Formato (2019) e agora este Pausa para Dançar (2020).