Ouvir
Passeios Sinfónicos
Em Direto
Passeios Sinfónicos Jorge Costa Pinto

Destaques

Valentin Silvestrov | Fevereiro | Sábados | 6h00

Notas Finais

|

Valentin Silvestrov | Fevereiro | Sábados | 6h00 Valentin Silvestrov | Fevereiro | Sábados | 6h00

A partir de 5 de fevereiro, nas madrugadas de Sexta para Sábado, entre as 6h00 e as 7h00, o programa Notas Finais apresenta durante 4 episódios, um ciclo dedicado ao compositor contemporâneo, natural da Ucrânia, Valentin Silvestrov.    


5, 12, 19 e 26 Fevereiro | Sábados | 6h00


Valentin Silvestrov


Notas Finais 
por João Pedro  


Não escrevo música nova. A minha música é uma resposta a (e um eco de) algo que já existe.
Valentin Silvestrov 


Considerado por Alfred Schnittke e Arvo Pärt “um dos grandes compositores do nosso tempo”, o ucraniano Valentin Silvestrov (n.1937) permanece como dos mais originais, férteis e injustamente negligenciados representantes do pós-modernismo.
Figura proeminente da vanguarda musical de Kiev, na década de 60, reconheceu, posteriormente, que a lição mais importante aprendida com os vanguardistas foi a de se libertar dos preconceitos, em especial os do próprio vanguardismo.
Apesar de ostracizado pela política cultural do regime soviético, não foi necessária a queda do muro de Berlim para que algumas das suas obras chegassem ao Ocidente, obtendo por essa via o reconhecimento do talento negado dentro de portas.
Contribuiu em boa medida, para o efeito, a atribuição do prémio Koussevitzky à sua terceira Sinfonia, em 1967.
Depois de uma fase experimentalista e pós-serialista, a prática criativa do compositor e pianista desenvolveu-se, a partir dos anos 70, no sentido de uma estética a que chamou “Metamúsica” (ou “Música metafórica”), caracterizada quer pela evocação nostálgica das linguagens do Classicismo e Romantismo como pela importância fulcral conferida à melodia.
Paul Griffiths, crítico britânico, refere que a noção de tempo na música de Silvestrov equivale a um “lago escuro de águas quase estagnadas onde o passado se recusa a deslizar”. “Cada melodia”, diz-nos, “ao tornar-se imediatamente num eco, soa como a reverberação de algo que já pertence ao passado”.
Termos como “poslúdio” ou “bagatela”, recorrentes na designação das suas composições, mais do que as sugeridas simplicidade ou noção de epílogo musical, ilustram a capacidade de reencarnar o espírito do pós-Romantismo, ainda que tal possa ser visto como anacrónico.
Autor de sinfonias, quartetos para cordas, canções, peças para piano solo ou com orquestra, Silvestrov é hoje em dia aclamado na Ucrânia e na Rússia, promovido por intérpretes do calibre de Gidon Kremer, Hélène Grimaud ou Alexei Lubimov, e publicado por editoras como a conceituada ECM.
Em Fevereiro, nas emissões de Sábado do programa Notas Finais, partilhamos uma pequena parte da vasta obra do compositor nascido há 84 anos.

João Pedro



Programação

Prog. 1 | 5 Fevereiro

Valentin Silvestrov (I): Obras para Piano

Bagatelas I-XIII: Bagatela I
Hélène Grimaud

4 Peças, op.2: I. Canção de embalar
Elisaveta Blumina

Naive Musik: II. Noturno
Elisaveta Blumina

Bagatelas VI-IX
Valentin Silvestrov

Kitschmusik
Elisaveta Blumina

Der Bote (O mensageiro)
Hélène Grimaud

Nostalghia
Jenny Lin

Duas Valsas, op.153: II. Allegretto
Elisaveta Blumina

Para ouvir, clicar aqui.




Prog. 2 | 12 Fevereiro

Valentin Silvestrov (II): Obras para Piano e Orquestra

Momentos de poesia e música: II. Melodia. Postcriptum
Oleg Bezborodko (pn). Orq. Sinf. Nacional da Lituânia. Dir: Christopher Lyndon-Gee

4 Poslúdios para Piano e Orquestra de Cordas
Elisaveta Blumina (pn). Orq. de Câmara de Estugarda. Dir: Thomas Sanderling

Dois Diálogos com Postscriptum
Alexei Lubimov (pn). Orq. de Câmara de Munique. Dir: Christoph Poppen

Concertino para Piano
Oleg Bezborodko (pn). Orq. Sinf. Nacional da Lituânia. Dir: Christopher Lyndon-Gee

Para ouvir, clicar aqui.




Prog. 3 | 19 Fevereiro

Valentin Silvestrov (III): Obras para Orquestra de Cordas

Hino - 2001 (para Giya Kancheli)
Orq. de Câmara de Estugarda. Dir: Thomas Sanderling

Stille Musik
Orquestra de Câmara de Munique. Dir: Christoph Poppen

Momentos de memória III
Alexei Lubimov (pn). Ensemble “Musiques Nouvelles”. Dir: Jean-Paul Dessy

Der Bote (O mensageiro) – Versão para Piano e Orquestra de Cordas
Hélène Grimaud (pn). Camerata Salzburgo

Abschiedsserenade
Orquestra de Câmara “Virtuosos de Kiev”. Dir: Dmitry Yablonsky

Para ouvir, clicar aqui.




Prog. 4 | 26 Fevereiro

Valentin Silvestrov (IV): Música de Câmara

3 Poslúdios: Nº 3 (para Violoncelo e Piano)
Simon Fordham (vl). Anja Lechner (vlc). Silke Avenhaus (pn)

Cinco Peças para Violino e Piano
Duo Gazzana

8.VI.1010 ... zum Geburtstag R. A. Schumann para 2 Violoncelos
Anja Lechner e Agnès Vesterman (vlc)

Duas Peças para Violino e Piano
Hilary Hahn (vl). Cory Smythe

Postscriptum: Sonata para Violino e Piano
Gidon Kremer (vl). Vadim Sacharov (pn)

Para ouvir, clicar aqui.