Ouvir
Grande Auditório
Em Direto
Grande Auditório Reinaldo Francisco / Produção: Susana Valente

Festivais

Festival de Música de Setúbal | 23 a 27 de Maio

A inclusão social pela música

|

Festival de Música de Setúbal | 23 a 27 de Maio Festival de Música de Setúbal | 23 a 27 de Maio

23 a 27 de Maio

Festival de Música de Setúbal 

A inclusão social pela música

Concertos | Exposições | Debates 


A 9ª edição do Festival de Música de Setúbal junta, mais uma vez, artistas nacionais e internacionais de prestígio com a comunidade local, envolvendo mais de 1.500 jovens, na criação e performances musicais, sempre sob a bandeira da inclusão através da música.
A cidade sadina oferece, de 5ª a 2ª feira, um programa rico e eclético sob a direção artística de Ian Ritchie, inspirado no tema “Home”, e que inclui concertos, performances, criações artísticas, debates e exposições. Pelos palcos passam grandes peças do repertório clássico, mas também ritmos mais enérgicos e jazzísticos e outras sonoridades de lugares mais longínquos. 
Os destaques deste ano vão para a Orquestra Sinfónica Portuguesa com a maestrina Joana Carneiro, o violinista André Gaio Pereira, vencedor do Prémio Jovens Músicos, e, entre outros, do maestro Paulo Lourenço. Do Reino Unido, vem o músico Clarence Adoo, paralisado desde um acidente de viação e tocando um instrumento especialmente inventado para si, o trombonista John Kenny com o carnyx, um antigo instrumento de guerra Celta, o trompetista Torbjörn Hultmark e a cantora e compositora Merit Ariane.


O Festival de Música de Setúbal é mais do que um Festival, é um fenómeno sociocultural único e verdadeiramente inclusivo. O amplo trabalho desenvolvido com a jovem comunidade local e com as escolas ao longo de todo o ano letivo potencia vivências musicais nos jovens - alguns com necessidades educativas especiais - muitos dos quais não as teriam de outra forma. Este ano, alguns deles visitam casas de repouso para idosos numa partilha intergeracional de reminiscências, histórias e ideias para  a criação de novas canções que prometem alguns dos momentos mais comoventes e memoráveis desta edição.


Programa Artístico

23 Maio

21h00 | Fórum Municipal Luísa Todi

Em Casa
Beatriz Nunes, voz e composição
Luís Barrigas, piano
Mário Franco, contrabaixo
Jorge Moniz, bateria
Quarteto de Cordas do Conservatório Regional de Setúbal (CRS)
Coral Infantil de Setúbal 

Beatriz Nunes é uma cantora versátil, tanto no campo da música ligeira, como no canto lírico e no jazz, onde é mais conhecida. Em conjunto com os músicos do Conservatório Regional de Setúbal e as vozes do Coral Infantil de Setúbal, Beatriz e a sua banda recebem-nos a todos em sua Casa – Setúbal, distrito a que todos pertencem.





24 Maio

10h30 - 12h00 | Cais 3 (Porto de Setúbal) > Av. Luísa Todi > Praça do Bocage
Entrada Livre

O Rio é a nossa Casa 
Performance de Percussão e Desfile
Fernando Molina, coordenador

Centenas de jovens das escolas de Setúbal e de grupos comunitários preparam uma vez mais o desfile anual de percussão e de expressão cultural. Siga a viagem musical desde a orla do Sado, pelas ruas onde já correu o rio, até à Praça do Bocage, que antes era margem e actualmente é centro da cidade.


18h00 | Salão Nobre dos Paços do Concelho
Entrada Livre (com reserva obrigatória)

Camerata na Câmara
John Kenny, carnyx
Camerata do Festival de Música de Setúbal
André Gaio Pereira, direção

Programa
Sibelius - Andante Festivo
Nigel Osborne - Forest-River-Ocean
Tchaikovsky - Serenata para Cordas

A música de Sibelius e de Tchaikovsky, evocando as respectivas pátrias do norte da Europa, enquadram perfeitamente a obra de Osborne, que representa a música primitiva do carnyx e os sons da natureza que rodeariam o local onde o instrumento estava enterrado há 2000 anos, no norte da Escócia.


21h00 | Igreja de São Julião
Entrada Livre (com reserva obrigatória)

Migrating Byrd
André Gaio Pereira, violino
Coro da Escola Superior de Música de Lisboa 
Coro do Conservatório Regional de Setúbal 
Alberto Oliveira, Pedro Ferreira, Susana Marques, Paulo Lourenço, direção musical

A famosa Missa para Quatro Vozes de William Byrd enquadra este concerto, com as vozes de alguns dos melhores jovens talentos portugueses, intercalada por tropos corais de textos sacros e por transcrições para violino, de André Gaio Pereira, de quatro peças para guitarra portuguesa de Carlos Paredes.


23h00 | Casa d'Avenida

Uma Pequena Serenata Nocturna
Joana Praça, violino
Joana Rodrigues, violino
Miguel Sobrinho, viola
Pedro Silva, violoncelo
Quarteto de cordas Camerata do Festival

Programa
Mozart - Eine kleine Nachtmusik
Borodin - Quarteto de cordas nº 2 
Eurico Carrapatoso - Llaços, Contradanças e Descantes




25 Maio

10h00 e 11h30 | Museu do Trabalho Michael Giacometti

Fábrica de Canções
Merit Ariane, compositora e coordenadora do projecto
IncEnsemble
Torbjörn Hultmark, trompete
APPACDM & SRC, criadores e artistas

Guiados por Merit Ariane, grupos de jovens de Setúbal partilham canções histórias que criaram, inspirados pelo propósito original deste edifício, como fábrica de conservas de sardinhas, e pelas memórias de mulheres que, ao ouvir a sirene anunciar a chegada da última faina, apressavam-se a chegar ao seu emprego na fábrica.


15h00 | Casa d’Avenida
Entrada Livre

Regresso a Casa
CRS, compositores e trompete
Quarteto de cordas Camerata do Festival

Música criada por jovens compositores do Conservatório Regional de Setúbal e interpretadas pelos músicos da Camerata do Festival, de regresso a casa, em resposta à exposição da Casa d'Avenida, explorando as relações entre a música e a arquitetura.


16h00 | Casa d'Avenida
Entrada Livre

Liquid Architecture and Frozen Music
Arq. José Manuel Pedreirinho
Arq. Fernando Ziegler

Johann Wolfgang von Goethe (1749–1832), o ilustre escritor, estadista e filósofo alemão, afirmou "Música é arquitetura líquida; Arquitetura é música congelada”: a sua ideia sugere que todos os processos de criação e invenção estão interligados por uma necessidade humana de exprimir algo.


19h45 | Casa d'Avenida
Entrada Livre (com reserva obrigatória)

As Casas e Cabanas de Composição e a Sinfonia de Mahler
Prof. Doutor Rui Vieira Nery

A ideia de Home – raízes locais e sensação de familiaridade – trespassa grande parte da música de Gustav Mahler. As casas que escolheu para habitar e as cabanas que construiu para compor propiciaram contexto e inspiração fundamentais para as suas obras.


21h00 | Fórum Municipal Luísa Todi

A Vida Divina
Orquestra Sinfónica Portuguesa
Camerata do Festival de Setúbal
Conservatório Regional Palmela, cordas
Conservatório Regional Setúbal, cordas
Joana Carneiro . direcção

Programa
Mahler - Adagietto da Sinfonia nº 5 
    - Sinfonia nº 4

O ponto de partida da Sinfonia nº 4 de Mahler foi uma canção de um ciclo do compositor sobre poesia popular alemã, Des Knaben Wunderhorn, que foi uma fonte de inspiração para as suas primeiras sinfonias. A orquestração do seu lied Das himmlische Leben (A Vida Divina) tornou-se o andamento final da 4ª Sinfonia, mas só depois de Mahler se mudar para a sua casa de Maiernigg (Áustria) e começar a compor na cabana de composição adjacente, foi capaz de terminar esta sinfonia. O famoso Adagietto da 5ª Sinfonia, uma carta de amor musical para Alma, a sua noiva, também foi composto na cabana de Maiernigg.




26 Maio

11h30 | Fórum Municipal Luísa Todi

Em Casa e fora dela
Projecto de escrita de canções
Entrada Livre

Escolas primárias de Setúbal, coros
Coral Infantil de Setúbal
Quarteto de cordas Camerata do Festival
Banda Carlos Garcia
Beatriz Nunes, artista convidada
Carlos Garcia, coordenação, arranjos e direcção

Concerto de canções construídas, desenvolvidas e interpretadas por 300 crianças de turmas do 3º e 4º anos do ensino básico, inspiradas pelos sentimentos, pontos de partida e chegada do tema Home.


14h30-18h00 | Auditório da Escola de Hotelaria e Turismo de Setúbal
Entrada livre para estudantes e profissionais de música, saúde e educação (com reserva obrigatória)

Música, Saúde e Bem-Estar – Simpósio #1 Home

Apresentações esclarecedoras e inspiradoras de boas práticas, nacionais e internacionais, por especialistas em música, saúde e bem-estar e reflectindo diferentes aspectos do tema do Festival, Home – trabalhando com idosos, pessoas com demência, pessoas sem abrigo ou deslocadas, refugiados e requerentes de asilo e prisioneiros.


15h00 | Palácio da Bacalhôa (Azeitão)
Entrada Livre

Música para um palácio
Visita ao Palácio e Jardins
Ensembles do Conservatório Regional de Palmela
Ensembles da Academia Luísa Todi


19h00 | Fórum Municipal Luísa Todi


Home Again
Ensemble Juvenil de Setúbal
Patrick Kenny, hi-note
Headspace Ensemble
Merit Ariane, voz
MiguelÂngelo da Conceição, direção

Programa
Sara Ross - Inverno e Verão
Cevanne Horrocks-Hopayian - Amor como Sal
Steve Reich - Clapping Music

Incentivados pelo tema Home Again, revisitamos obras criadas por duas dos doze compositores portugueses e britânicos que já escreveram para o Ensemble desde a sua criação em 2014. Juntamente com a famosa Clapping Music de Reich, mostram a diversidade e ambição deste grupo de músicos.




27 Maio

09h30-18h00 | Forum Municipal Luísa Todi

Entrada livre para estudantes e profissionais de música, saúde e educação (com reserva obrigatória)

Música, Saúde e Bem-estar – Simpósio #2

Comunidade, Conectividade, Criatividade e Cultura
- Musicoterapia / Medicina Musical / Música na Comunidade: partilha de boas práticas
- Cultura / Educação / Saúde / Serviços Sociais: desenvolver colaborações, comunicação e uma linguagem comum
- Investigação / Avaliação: impacto social, propagação e sustentabilidade
- Saúde Mental / Capacidade física: questões neurológicas, soluções tecnológicas
- Parcerias / Redes


18h00 | Forum Municipal Luísa Todi
Entrada Livre

Headspace Ensemble
Patrick Kenny, hi-note
Torbjörn Hultmark, trompete
John Kenny, trombone
Chris Wheeler, desenho de som

Programa
obras incluindo Salt e HeadSpace de John Kenny



Exposições

4 a 26 Maio
9h00-19h00 | Casa d’Avenida
(de 4ª a 2ª feira)

As Gavetas de Mahler
Graça Pinto Basto, desenho, pintura e textos
Maria João Frade, textos




Para mais informações, visitar o site do Festival.