Ouvir
O Tempo e a Música
Em Direto
O Tempo e a Música Rui Vieira Nery / Produção: Cristina do Carmo

Festivais

Lagoa Jazz Fest | 28 a 30 Junho

XV Edição

|

Lagoa Jazz Fest | 28 a 30 Junho Lagoa Jazz Fest | 28 a 30 Junho

28 a 30 Junho

Lagoa Jazz Fest 
Estombar - Lagoa

Lagoa Jazz Fest acontece, desde 2003, num local único, o Sítio das Fontes em Estômbar, em Lagoa, no Algarve. Este ano, volta para a XV Edição com um cartaz de qualidade e diversidade e com o objetivo de sempre: mostrar diferentes estéticas e abordagens na área do jazz. 

Neste festival internacional de jazz, ao longo das suas 14 edições, têm sido apresentadas estéticas e formações diferenciadas, do Solo à Big Band com distintos instrumentos solistas (saxofone, voz, trompete, piano, harpa, vibrafone, harmónica, guitarra, cimbalom, trombone...). Nomes como Stanley Jordan (USA), Richard Galliano (França), Concha Buika (Espanha), New York Voices (USA), Lokomotiv (Portugal), J.D.Walter (USA), Antonio Faraò (Itália), Omar Akim (USA), Maria João e Mário Laginha (Portugal), Edmar Castaneda (Colômbia), fazem já parte da história deste festival a sul, à beira Arade. Este ano, e mais uma vez, vão estar presentes músicos oriundos dos quatro cantos do mundo: França, Rússia, E.U.A., Argentina, Brasil, Itália e Portugal.



Programação

28 Junho | 22h00

Charlier / Sourisse / Winsberg (França)

Tales from Michael

O baterista André Charlier e o pianista/organista Benoît Sourisse iniciaram uma colaboração que dura há mais de trinta anos e que conta com mais de 1000 concertos e a gravação de seis álbuns com participações de grandes nomes do jazz internacional como: Didier Lockwood, Kurt Rosenwinkel, Kenny Garrett, Jerry Bergonzi, Toots Thielemans, Capitão Mercier, Alex Sipiagin, Philip Catherine e muitos mais.

Nascido em Marselha em 1963, Louis Winsberg começou a estudar guitarra acústica com doze anos de idade. Mais tarde forma com o pianista Jean-Pierre e o baterista Paco Sery o grupo Sixun, que se tornaria um grupo lendário de jazz-rock-fusion. Winsberg tocou com grandes nomes do jazz como: Dee Dee Bridgewater, Mike Stern, Eddy Gomez, Mino Cinelu, Randy Brecker, Sadao Watanabe, Richard Bona, Gino Vanelli, e algumas estrelas da “Chanson Française” como Claude Nougaro, Maurane, entre outros.
Louis Winsberg foi também desenvolvendo os seus próprios projetos pessoais como: Appassionato (1989), Camino (1997) La Danse du Vent, Douce França (2007), Marselha Marselha (2008) e lidera desde o ano de 2000 um projeto multicultural a que deu o nome de “Jaleo” e com o qual gravou dois álbuns que foram aclamados pela crítica da especialidade.






29 Junho | 22h00

LRK Trio | J. D.Walter 

LRK Trio (Rússia) 

Pela dificuldade de memorizar os nomes destes três músicos russos, o pianista Evengy Lebedev, o baixista Anton Revnyuk e o baterista Ignat Kravtsov decidiram dar nome ao trio usando apenas as iniciais dos seus apelidos, LRK.
Este trio com residência em Moscovo edita o seu 1º álbum Open Strings (Butman Music Records) em 2015. O 2º album If You Have a Dream, lançado na “Butman Music Records” para o mercado russo e pela “Norway's Losen Records” para distribuição mundial, ganhou menção honrosa da “Jazz da Russian Music Critics Union”, e foi apresentado na “Europa Jazz Media Chart”. Premiado no concurso “Made in New York Jazz Competition” com um júri constituido pelo baterista Lenny White, o guitarrista Mike Stern e o trompetista Randy Brecker, galardão que abriu portas para uma digressão internacional: Bélgica, Holanda, Polónia, Letónia, Estónia, Suíça e Japão, além de vários concertos em toda a Rússia.

O pianista Evgeny Lebedev nasceu em Moscovo em 1984, desde muito novo que começou a tocar música folclórica no seu 1º instrumento, o acordeão, apresentando-se em inúmeros festivais e vencendo alguns concursos. Iniciou os seus estudos no piano aos 15 anos e foi o jazz que decidiu o seu caminho. Graduado pela Academia Russa de Música em Moscovo e pela Berklee College of Music em Boston, Lebedev ganhou várias competições internacionais como intérprete de jazz, destacando-se pelo seu talento como compositor.

O baixista Anton Revnyuk, nascido em 1975 é o mais experiente dos três. Estudou em Moscovo com o lendário baixista e professor Anatoly Sobolev. No final dos anos 90 mudou-se para Nova York onde partilhou projetos com nomes como Chico Freeman e Cyro Baptista como parte da banda liderada pelo saxofonista Anatole Gerasimov, um expatriado russo que pertenceu à Duke Ellington Orchestra. Realizou inúmeros concertos no Canadá com a banda de jazz russa liderada pelo grande pianista Igor Bril e como baixista da seção rítmica mais requisitada da Rússia liderada pelo pianista Yakov Okun. Revnyuk tocou com grandes nomes do jazz como Donny McCaslin, Alex Sipiagin, Craig Handy, Johnny Griffin entre muitos outros.

O baterista Ignat Kravtsov, nascido em 1986, estudou música em Yekaterinburg, na Rússia, e já era um experiente músico de jazz e rock quando se mudou para Moscovo em 2013. O trabalho com o LRK Trio permitiu que ele se mostrasse um baterista moderno e versátil, capaz de interpretar ideias empolgantes, criativas e complexas dos seus parceiros. Ignat também toca com “Therr Maitz”, uma das bandas de rock indie mais populares da Rússia, e co-lidera “Amber Sept” projeto de rock/fusão com música original em parceria com a pianista Yulia Perminova.





J. D.Walter (Estados Unidos da América)

JD Walter é um cantor de jazz, considerado um purista e um inovador. Tem um estilo muito próprio, apesar de comparado a muitos outros grandes cantores. Respeitado e elogiado por grandes músicos do circuito contemporâneo, JD dividiu o palco com muitos artistas como Dave Liebman, Tom Harrell, Eddie Gomez, Bob Dorough, Billy Hart, Nicholas Payton, Jean-Michel Pilc, Bill Evans, Mark Murphy, Greg Hutchinson, Ari Hoenig, Randy Brecker, Tim Warfield, Jim Ridl, Orrin Evans, Seamus Blake, Igor Butman, Nasheet Waits, Craig Handy, Boris Kozlov, Robin Eubanks, Eric Revis e Don Bradon. 
JD já gravou atualmente sete CD's: Sirens in the C-House, Clear Day, Dedicated to You, 2Bass, a Face and a Little Skin, Live in Portugal, Live at the 55Bar, One Step Away.  

JD tem participado em inúmeros festivais e clubes de jazz americanos, e também na Europa, Oriente Médio, América Central e visitou a Rússia mais de 60 vezes, atuando em mais de 100 cidades. 
Tem atuações regulares na cena musical de Nova York, nomeadamente em locais como o Lincoln Center, The Jazz Standard, The Blue Note, The Jazz Gallery, Pub Joe, The Tribeca Performing Arts Center, Sweet Rhythm and Smoke e o famoso 55 Bar. Atualmente mora em Nova York, leciona na Escola de Música Aaron Copland, na New School e no The Prince Claus Conservatory em Groningen, Holanda.






30 Junho | 22h00

Cláudio Alves / Gonçalo Sousa (Portugal)

Pela Rua Fora

Cláudio Alves, guitarra e voz
Gonçalo Sousa, harmónica

Projecto formado pelo guitarrista e cantor Cláudio Alves e pelo harmonicista Gonçalo Sousa.
Exploram um universo musical sem fronteiras onde o diálogo e a improvisação são características fundamentais. De Chopin a Jobim, passando pela música de algumas das grandes referências como Charlie Parker e Thelonious Monk.






Taufic / Beccalossi / Buschini (Brasil / Itália / Argentina)

Tres Mundos

Fausto Beccalossi, acordeão
Roberto Taufic, guitarra acústica
Carlos “El tero” Buschini, baixo acústico

Um trio que mistura e interpreta ideias, sons e ritmos dos seus países de origem: Itália, Brasil e Argentina.
Uma sonoridade acústica onde o acordeão, a guitarra e o baixo acústico soam com a força, a personalidade dos seus singulares intérpretes.
O trio é composto por nomes que estiveram presentes nos mais prestigiados festivais do mundo graças a colaborações com Al di Meola, Mercedes Sosa, Juan Carlos Cáceres, Jairo, Paolo Fresu, Enrico Rava, Franco Ambrosetti, Gaia Quatro, Randy Brecker, Rita Marcotulli, Ivan Lins e Jaques Morelembaum.
O projeto Tres Mundos testemunha o encontro de três artistas maravilhosos que se descobrem com profundidade e simplicidade através da música e a sua pluralidade e universalidade.






Foto @ Mário Ferreira

Os concertos iniciam-se às 22h00; a abertura de portas do recinto é às 19h00.

Para mais informações, consultar site do Festival.

Foto @ Mário Ferreira

Este Festival terá posterior transmissão na Antena 2.