Ouvir
Jazz a 2
Em Direto
Jazz a 2 João Moreira dos Santos / Maria Alexandra Corvela / Luís Caetano / Produção: Cristina do Carmo

Geral

Festival de Música de Sintra | 12 a 29 Maio

Um Passeio Musical

|

Festival de Música de Sintra | 12 a 29 Maio Festival de Música de Sintra | 12 a 29 Maio

Festival de Música de Sintra
12 a 29 Maio

O Festival de Sintra, na sua 51ª edição, apresenta 12 concertos que decorrem nos Palácios Nacionais de Sintra, Pena e Queluz e no Centro Cultural Olga Cadaval. 
Organizado pela Câmara Municipal de Sintra e com direção artística de Adriano Jordão, o histórico festival abre-se a um público mais jovem e aposta no ecletismo musical, com um programa que é descrito pelo diretor artístico e pianista como “um passeio musical através do tempo e do espaço”.



Programa de Concertos

Dias 12 e 13 de Maio 21h30 
Auditório Jorge Sampaio - Centro Cultural Olga Cadaval

Concerto Inaugural



Michael Nyman é uma das mais incontornáveis referências da música contemporânea, compositor de exceção com uma obra vasta e reconhecida. 
Autor de bandas-sonoras para filmes como “O Piano” e de óperas como “Facing Goya”, Nyman tem uma vasta carreira discográfica.
O pianista regressa agora ao nosso país para se apresentar a solo e ao piano, um dos formatos com que tem recolhido maiores elogios ao longo dos anos.
O novo piano, o cinema, o minimalismo, uma visão diferente.





Dia 14 de Maio 21h30 
Auditório Jorge Sampaio – Centro Cultural Olga Cadaval

Mário Laginha e Pedro Burmester

Dois Pianos

Aaron Copland - Danzón Cubano 
João Paulo Esteves da Silva - Lisboa, debaixo de chuva 
Mário Laginha - Um choro feliz 
Bernardo Sassetti - Sonho dos outros
Pixinguinha - Rosa 
Mário Laginha - Sonata breve  
Pedro Burmester - (solo a anunciar)
Claude Debussy - Prelude à l'aprés-midi d'un faune 
Maurice Ravel - La Valse 

Pedro Burmester é uma referência no pianismo clássico em Portugal.
Mário Laginha é habitualmente conotado com o jazz.
Dois pianos e uma viagem da Cuba de Copland à Lisboa de Esteves da Silva, do Brasil de Pixinguinha à França de Debussy e Ravel.



Dia 15 de Maio 21H30 
Palácio Nacional de Sintra

Rüya Taner e Dinçer Özer

Cores Percussivas 

U. C. Erkin - Zeybek 
Mozart - Sonata em dó maior Wo051 
F. Liszt - IL Sospiro 
Kamran Ince - Gates (dedicado a Rüya Taner)
C. Debussy - Clair de Lune 
Anthony Herschel Hill - Litany 
N. Hidayetoglu - Canção 
S. Liapunov - Lesghinka 
Anónimo - Canção Folclórica  
S. Akdil - Peça para piano No 6 


Rüya Taner é reconhecida como uma das principais concertistas da nova geração da Turquia. Além da sua carreira a solo tem-se dedicado à música de Câmara, associando-se aqui a Dinçer Özer, o principal percussionista da Orquestra Sinfónica Presidencial.
O piano e a percussão. As cores percussivas vindas da Turquia.



Dia 19 de Maio 21H30 
Palácio Nacional de Queluz

Olga Prats


Fados e Tangos 

Alexandre Rey Colaço - Fado nº 1 
Astor Piazzolla - Outono 
A. Rey Colaço - Fado menor 
Astor Piazzolla - Inverno 
A. Rey Colaço - Fado “Pintassilgo” 
Astor Piazzolla - Primavera 
A. Rey Colaço - Fado Corrido 
Astor Piazzolla - Verão 
[Intervalo]
Astor Piazzolla - Mumuki 
A. Rey Colaço - Fado Hilário 
João Abreu e Motta - Olhos Negros
Astor Piazzolla - Cristalina 
A. Rey Colaço - Fado nº 8 
Astor Piazzolla - Zum  
A. Rey Colaço - Fado nº 7 (Picadinho) 
A. Piazzolla - La Muerte del Anje 


Pianista e pedagoga, Olga Prats, privilegiou sempre a busca de novas experiências. Como privilegiou também a divulgação dos mais importantes compositores portugueses.
Nesta noite, de Lisboa a Buenos Aires. Fados e Tangos ao piano.



Dia 20 de Maio 21H30 
Palácio Nacional de Sintra

Duo Kiyurtchev e Yordanova 

Piano a Quatro Mãos

F. Schubert - Andantino Varié op. 84 D823 
G. Onslow - Grande Sonata op. 22 
1 – Allegro moderato e patetico
2 – Menuetto . Moderato
3 - Largo
4 – Finale . Allegro espressivo
[Intervalo]
A. Dvorak - "From the Bohemian Forest", op. 68 
- In the Spinning-Room
- By the Black Lake
- In Troubled Times
B. Smetana - “Die Moldau” 
Ravel - Rapsodie espagnole 


Ver video do Duo Yordanova & Kiyurtchev

Yordanova & Kiyurtchev foram galardoados em vários concursos internacionais de piano, de referência e prestígio.
Este duo apresentou-se em estreia no Festival Internacional “Young Music Talents” em Sofia, Bulgária, cativando a atenção do público ao longo da competição com a sua sinceridade profunda e interpretação espontânea.
O intimismo do piano a 4 mãos e a música europeia.



Dia 21 de Maio 21H30
Palácio Nacional de Queluz

Janina Fialkowska

Tributo a Chopin

Polonaise Fantaisie em lá bemol op. 61
Noturno em si maior op. 9 nº 3
Improviso em sol bemol op. 51
Valsa em lá bemol op. 40
Balada nº 4 em fá menor op. 52
[Intervalo]
Scherzo nº4 em mi maior op. 54
Dois Prelúdios op. 28
- mi bemol menor
- ré bemol maior
Três Mazurcas op. 50
- Nº 1 em sol maior
- Nº 2 em lá bemol maior
- Nº 3 em dó # menor
Scherzo nº 1 em si menor op. 20


Janina Fialkowska
, apreciada em todo o mundo pela sua requintada interpretação pianística, tem encantado públicos ao longo de quase quarenta anos com a sua magnífica sonoridade lírica, o genuíno conhecimento do seu ofício e profundo sentido de integridade musical.
As mais belas obras de Chopin. Scherzos, Noturnos, Improvisos, Mazurcas, Valsas, Baladas.



Dia 22 de Maio 21H30
Palácio Nacional de Sintra

Theodore Paraschivesco

De Bach a Bartok

Bach / Liszt - Prelúdio e Fuga em lá menor 
Bach / Busoni - Coral em sol menor 
Scarlatti - Sonata em ré menor 
Mozart - Fantasia em ré menor  
Beethoven - Duas “Bagatelas” opus126 
Schubert
Dois “Momentos Musicais)
- Nº 6 em lá bemol maior
- Nº 3 em fá menor 
Schumann - Rêverie (de “Cenas Infantis”) 
Schumann - Aufschwung de "Peças de Fantasia" 
Chopin - Nocturno em fá # maior 
Chopin - Polonaise em dó # menor 
Tchaikovsky - Barcarola (de “Estações”) 
Rachmaninov - Prelúdio em dó # menor 
Debussy - Três Prelúdios  
"La Puerta del Vino"
"La Cathédrale engloutie
"Minstrels”
Gershwin - Prelúdio nº 2  
Bela Bartok - Três Canções Populares Húngaras 


Natural da Roménia, Théodore Paraskivesco estudou no Conservatório de Bucareste, com a Professora Florica Musicescu, que conta entre os seus alunos mais distintos os nomes de Dinu Lipatti e Radu Lupu. No entanto foi o Professor Emil Guillels que se interessou pelo jovem pianista e ajudou-o a descobrir o seu caminho musical. Professor emérito do Conservatório Nacional Superior de Musica de Paris, leva-nos aqui numa viagem musical, de Bach a Bartók.



Dia 26 de Maio 21H30
Palácio Nacional da Pena

Marouan Benabdallah

Arabesque

Dia Succari - A noite do destino 
Salim Dada - Duas Miniaturas Argelinas 
Isaac Albéniz - "Jerez" (da Suite Iberia) 
Zad Moultaka - Dois "Mouwashah"*
- Badrou Hosnen
- Naes Maleh-I-Tarf
Mohammed Fairouz - Al Male Rachamim ** (extratos) 
Boghos Gelalian - Canzona e Toccata
Nabil Benabdeljalil - Dois Prelúdios 
Camille Saint-Saëns - “Africa” - Fantasia op.89 

* Poema Árabe
** Oração fúnebre Judaica



O aclamado pianista Marouan Benabdallah, com apenas trinta e dois anos, é indiscutivelmente o principal representante do seu país de origem, Marrocos, nos palcos internacionais. Com um património musical firmemente enraizado na tradição húngara, Marouan Benabdallah recebeu a sua formação musical no Conservatório Béla Bartók e na Academia Franz Liszt em Budapeste, Hungria.
Arabesque. A música árabe no piano.



Dia 27 de Maio 21H30 
Palácio Nacional de Queluz

Vasco Dantas

Recital Nova Geração

Bach / Liszt - Prelúdio e Fuga, em lá menor 
Liszt - Seis Grandes Estudos de Paganini (versão de 1851)
1 - Prelúdio, Andante / Étude, non troppo lento
2 - Andante capriccioso
3 - "La campanella"
4 - Vivo
5 - "La Chasse"
6. "Tema e Variações"
[Intervalo]
Franz Liszt - Sonata em si menor 

Vasco Dantas, já obteve mais de 50 prémios e distinções em concursos internacionais.
Atuou, em centenas de eventos, em variadas salas de renome um pouco por todo o Mundo, representando hoje brilhantemente a nova geração portuguesa de pianistas.



Dia 28 de Maio 21H30


Concerto Promenade

Verdi - Abertura da ópera "Força do Destino 
Verdi - Marcha Triunfal da ópera "Aida"
Verdi - Coro dos Ferreiros da ópera "O Trovador" 
Verdi - Stride la Vampa da ópera "O Trovador"
Verdi - Fantasia para clarinete sobre a ópera "Rigoletto"
[Intervalo]
Carl Orff - Fortuna da cantata "Carmina Burana"
Bizet - Abertura da ópera "Carmen"
Bizet - Habanera da ópera "Carmen"
Tchaikovsky - Abertura 1812 
J. Luis Gomes - Marcha do Patrono do Exército


A espetacularidade é o que se busca nesta noite. Aos mais conhecidos trechos e influenciados pela Opera, junta-se a brilhante Abertura 1812 de Tchaikosvsky.
A beleza vocal de Maria Luísa Freitas e o grande sinfonismo em parceria com a Banda Sinfónica do Exército num cenário histórico.
Um verdadeiro Concerto Promenade.



Dia 29 de Maio 19H00
Palácio Nacional de Queluz 

Concerto de Encerramento
Debussy - Cinco Prelúdios
Danseuses de Delphes
Les Collines d’ Anacrapi
La Cathédrale engloutie
La Sérénade interrompue
La Puerta del Vino
Albéniz - Da Suite "Iberia"
Almeria
El Albaicin
[Intervalo]
João de Sousa Carvalho - Abertura da Ópera O amor industrioso 
W. A. Mozart - Missa Brevis em Ré Maior, K. 194
I. Kyrie
II. Gloria
III. Credo
IV. Sanctus
V. Benedictus
VI. Agnus Dei



Ver video da Orquestra do Conservatório de Música de Sintra e do Coro Leal da Câmara

De António Rosado, disse a revista francesa Diapason que é um “intérprete que domina o que faz”. Tem tanto de emoção e de poesia, como de cor e de bom gosto.
A Orquestra de Câmara do Conservatório de Música de Sintra é um dos ensembles de alunos e professores mais antigos do Conservatório, integrando elementos que já não são alunos, mas quiseram continuar a participar no grupo.
O Coro Leal da Câmara foi fundado em 1993 na Escola de Música Leal da Câmara – atual Conservatório de Música de Sintra – pelo maestro Humberto Castanheira, também o titular da Orquestra e professor do Conservatório de Música de Sintra.
Um dos maiores representantes do pianismo português e a presença das mais importantes instituições musicais de Sintra.




Contrapontos

Palestras 
Quinta da Ribafria

14 de Maio 16h00
Professor Duarte Ivo Cruz

22 de Maio 16h00
Professor Pedro Moreira

Intervenção de agrupamentos musicais em espaços públicos

O festival vai andar pelas ruas e praças do município, com concertos de animação apresentados pelos jovens da Escola Superior de Música de Lisboa e do Conservatório Sons e Compasso.