Ouvir
Baile de Máscaras
Em Direto
Baile de Máscaras João Pedro

Letras de Canções


When daffodils begin to peer / Quando os narcisos começam a aparecer

Letra Original:


When daffodils begin to peer (William Shakespeare)

When daffodils begin to peer -
With heigh! The doxy over the dale -
Why, then comes in the sweet o'the year;
For the red blood reigns in the winter's pale.

The white sheet bleaching on the hedge -
With heigh! The sweet birds. O how they sing!
Doth set my pugging tooth on edge;
For a quart of ale is a dish for a king.

The lark, that tirra-lirra chants,
With heigh! with heigh! The thrush and the jay,
Are summer songs for me and my aunts,
While we lie tumbling in the hay.

But shall I go mourn for that, my dear?
The pale moon shines by night:
And when I wander here and there,
I then do most go right.

Jog on, jog on, the foot-path way,
And merrily hent the stile-a:
A merry heart goes all the day,
Your sad tires in a mile-a

Tradução para Português:


Quando os narcisos começam a aparecer (William Shakespeare)

Quando os narcisos começam a aparecer -
Eh! a meretriz sobre o vale -
Porque então entra a doçura do ano;
Porque o sangue vermelho reina na palidez do Inverno.

O lençol branco branqueando na sebe -
Eh! as ternas aves, oh! como cantam!
E o meu dente de argamassa ansioso;
Porque um quarto de cerveja é um prato para um rei.

A cotovia, que trinados canta
Eh! eh! o tordo e o gaio,
São canções de Verão para mim e minhas tias,
Enquanto rolamos no feno.

Mas irei eu chorar por isso, minha querida?
A pálida lua brilha de noite
E quando eu vagueio por aqui e por ali,
Eu tiro vantagem disso.

Continuar, continuar em ritmo lento na vereda,
E alegremente agarrar os degraus:
Um coração alegre caminha todo o dia,
O teu triste cansa-se numa milha.