Ouvir
Jazz a 2
Em Direto
Jazz a 2 João Moreira dos Santos / Maria Alexandra Corvela / Luís Caetano / Produção: Cristina do Carmo

Letras de Canções


E tenebris

Letra Original:


E tenebris

Komm, Christus, hilf mir! reich mir deine Hand!
In wilden Fluten ring'ich im Gebet
Als Simon auf dem See Genezareth!
Der Wein des Lebens rinnt dahin im Sand,

Mein Herz ist wie ein hunerwüsstes Land,
Wo alles Gute hinstarb, und gewiss:
Sollt'ich vor Gott aus dieser Finsternis,
Ich müsste liegen in der Sonne Brand.

"Er schläft vielleicht, ritt wohl zur Jagd,
Wie Baal, wenn alle Tag von Karmels Felsensäulen
Seine Propheten jenen Namen heulen."

Nein, still, noch vor der Nacht schau'ich zumal
Die erznen Füsse, das brandweisse Kleid,
Die wunde Hand, das Antlitz voller Leid.

Tradução para Português:


E tenebris

Vem, Cristo, ajuda-me! Estende-me a tua mão!
Em terríveis marés altas eu luto em oração
Como Simão no mar da Galileia!
O vinho da vida corre aí na areia.

O meu coração é como um país conhecedor da fome,
Onde todos os bens morreram e certamente:
Eu deveria perante Deus sair desta escuridão
E estender-me no fogo do sol.

Ele dorme talvez, monta possivelmente para uma caçada
"Como Baal, quando todos os dias das rochas do Caramelo
Os seus profetas gritam esse nome."

Não, tranquilo, eu vejo perante a noite
Os pés de bronze, o manto branco do fogo,
As mãos feridas, o rosto cheio de sofrimento.

Tradução do original: RDP - Maria de Nazaré Fonseca