Ouvir
Vibrato
Em Direto
Vibrato Pedro Rafael Costa

Metropolitan

Met | G. Verdi | Don Carlos | 26 Março | 16h00

Transmissão direta | Metropolitan Opera

|

Met | G. Verdi | Don Carlos | 26 Março | 16h00 Met | G. Verdi | Don Carlos | 26 Março | 16h00

de Nova Iorque

26 Março | 16h00


Giuseppe Verdi | Don Carlos


Elisabeth de Valois: Sonya Yoncheva (S)
Princesa Eboli: Elina Garanca (MS)
Don Carlos: Matthew Polenzani (T)
Rodrigo: Etienne Dupuis (BT)
Filipe II: Eric Owens (B)
O grande inquisidor: John Relyea (B)

Coro e Orquestra do Metropolitan
Direção de  Yannick Nézet-Séguin




Para ler mais sobre esta récita, clicar aqui.




Transmissão em direto
a partir de The Metropolitan Opera de Nova Iorque
Realização e Apresentação: André Cunha Leal
Produção: Susana Valente





Don Carlos

Ópera em 5 atos

Música de Giuseppe Verdi 
Libreto de Joseph Méry e de Camille du Locle sobre poema de Schiller

Esta ópera teve a sua estreia na Ópera de Paris, a 11 de Março de 1867. Verdi começara a escrita da música nos primeiros meses de 1866, e os primeiros ensaios tiveram lugar em Setembro desse ano e marcariam os primeiros cortes na partitura.
Na estreia foi recebida com pouco entusiasmo, por se considerar demasiado extensa e, sobretudo, pouco à maneira de Verdi.
Don Carlos marca, de facto, uma mudança importante na obra musical de Verdi, mudança que prosseguiria com Aïda, o Requiem, Otello e Falstaff, pois como diria o crítico Théophile Gautier "um novo Verdi acaba de nascer, sinfonista e melodista".

Don Carlos iria sofrer numerosos cortes nas sucessivas representações depois da estreia parisiense. Em Londres, três meses mais tarde, foi apresentada sem o 1º acto, sendo recebida com bastante entusiasmo. Foi nesta recita na Royal Opera House, Covent Garden, em Londres, em junho de 1867, que também se deu a primeira apresentação em italiano, com tradução de Lauzières e Zanardini e versão revista por du Locle.
O maior triunfo foi, no entanto, na estreia em Itália, com a apresentação da versão em italiano a 27 de outubro de 1867 no Teatro Comunale di Bologna, conduzida pelo amigo íntimo de Verdi, Angelo Mariani.

Na apresentação do Metropolitan, Don Carlos, a ópera mais longa e ambiciosa de Verdi, será interpretada pela primeira vez na sua versão original francesa de cinco atos.





Para saber mais sobre os antecedentes e argumento desta ópera, clicar aqui.