Ouvir
Música Contemporânea
Em Direto
Música Contemporânea Pedro Coelho

Ópera

Richard Wagner | Os Mestres Cantores de Nuremberga | 31 Dezembro 18h00

Mezza-Voce

|

Richard Wagner | Os Mestres Cantores de Nuremberga | 31 Dezembro 18h00 Richard Wagner | Os Mestres Cantores de Nuremberga | 31 Dezembro 18h00

31 Dezembro | 18h00


Programa Mezza-Voce    
Apresentação e Realização: André Cunha Leal 
Produção: Susana Valente 


Festival de Bayreuth
Gravações da Radiodifusão da Baviera 
no Teatro do Festival de Bayreuth,  
a 25 de Julho de 2017 


Richard Wagner  (1813-1883) - Os Mestres Cantores de Nuremberga 


Hans Sachs: Michael Volle (BT)
Veit Pogner: Günther Groissböck (B)
Kunz Vogelgesang: Tansel Akzeybeck (T)
Sixtus Beckmesser: Johannes Martin Kränzle (BT)
Walther von Soltzing: Klaus Florian Vogt (T)
David: Daniel Behle (T)
Eva: Anne Schwanewilms (S)
Magdalene: Wiebke Lehmkuhl (MS)

Direção de Philippe Jordan


Para saber mais acerca desta récita, clicar aqui.




Os Mestres Cantores de Nuremberga

Ópera em 3 atos

Música e libreto de Richard Wagner.

Por volta de 1845, Richard Wagner pensa escrever uma ópera cómica que constituísse uma espécie de réplica a Tanhäuser. Este projeto demoraria cerca de 20 anos a concretizar-se, tendo tido a sua estreia apenas no dia 21 de junho de 1868, no Teatro Nacional (Königliches Hof- und National-Theater), dirigida pelo maestro Hans von Bülow.

Wagner começou pela escrita do libreto, tendo-se baseado em diversos textos, entre eles a "História da Literatura Alemã" de Georg Gottfried Gervinius, um capítulo duma crónica nuremberguiana onde se fala da "arte mui graciosa dos Mestres Cantores", um poema de Goethe "sobre a missão poética de Hans Sachs", uma comédia de Deinhardstein e um conto de Hoffmann intitulado "Mestre Martin, o Latoeiro, e os seus Companheiros".
Terminou o texto de "Os Mestres Cantores" em Janeiro de 1862. Em Março começou a compôr, tarefa que terminaria em Outubro. 
A sua ideia inicial de réplica cómica a "Tanhäuser" foi-se esbatendo com o passar do tempo - se bem que ainda possam ser encontradas algumas semelhanças, como um cantor de génio confrontado com tradições bafientas, a jovem dada como prémio no concurso de canto, a figura paternal dum mecenas, ou ainda o velho artista amado e venerado, simbolizado, nos "Mestres Cantores", por Hans Sachs.



Para saber mais sobre os antecedentes e argumento desta ópera, clicar aqui.


Fotos de Enrico Nawrath