Ouvir
Nocturno
Em Direto
Nocturno André Pinto

Ópera

Shostakovich | Lady Macbeth de Mzensk | 10 Junho 18h00

Mezza-Voce

|

Shostakovich | Lady Macbeth de Mzensk | 10 Junho 18h00 Shostakovich | Lady Macbeth de Mzensk | 10 Junho 18h00

10 Junho 18h00

Programa Mezza-Voce    

Apresentação e Realização: André Cunha Leal 
Produção: Susana Valente     

Gravação da Radiodifusão Austríaca
a 2 de Agosto de 2017


Dmitri Shostakovich | Lady Macbeth de Mzensk


Katerina: Nina Stemme (S)
Boris: Dmitry Ulyanov (B)
Zinowy: Maxim Paster (T)
Sergey: Brandon Jovanovich (T)

Orquestra Filarmónica de Viena
Direção de Mariss Jansons





Para saber mais sobre esta récita, clicar aqui.







Lady Macbeth de Mzensk
Ópera em 4 atos e 9 cenas

Música de Dmitri Shostakovich (1906-1975)
Libreto do compositor e de Alexander Preys (1905–1942), tendo por base o romance homónimo de Nikolai Leskov


Esta ópera estreou a 22 de janeiro de 1934 no Teatro Mikhaylovsky em São Petersburgo (então Leningrado), e dois dias depois foi apresentada em Moscovo, com enorme sucesso de público e crítica. Nos anos seguintes foi encenada em palcos de todo o mundo. 
Com uma duração aproximada de 160 minutos, foi dedicada por Shostakovich à sua primeira esposa, a física Nina Varzar. O compositor nesta ópera incorpora elementos de expressionismo e verismo, e conta a história de uma mulher solitária, na Rússia do século XIX, que se apaixona por um dos trabalhadores de seu marido e se torna assassina.

Apesar do seu sucesso imediato, a nível popular e das autoridades oficiais, dois anos depois, e a seguir a uma récita no Teatro Bolshoi a que assistiu Estaline, foi publicada no jornal Pravda, uma severa crítica que a descrevia como "ruído ao invés de música", entre outros aspetos. Após isto, esta ópera é banida, na União Soviética, até 1961.

Esta foi a última ópera de Shostakovich. Nos anos 1960 compôs uma nova versão, suprimindo as partes mais controversas. Atualmente, porém, a composição original é a mais executada.





Fotos © Festival Salzburgo / Thomas Aurin