Ouvir
Olhar a Lua
Em Direto
Olhar a Lua Tomás Anahory

Outros Concertos

João Madureira | 12 Dezembro

O'Culto da Ajuda

|

João Madureira | 12 Dezembro João Madureira | 12 Dezembro

12 Dezembro | 19h30

O'culto da Ajuda
Lisboa    

Concerto de Aniversário | João Madureira


Programa

Obras de João Madureira

Open Inclusion (2020-2021) [estreia absoluta] (Clarinete solo)
Homenagem a Olivier Messiaen, adaptado a partir da obra Open Enclosure

Solistas do Sond’Ar-te Electric Ensemble
Nuno Pinto, Clarinete


Encontro (2000) (Fl, Pno)

Solistas do Sond’Ar-te Electric Ensemble
Sílvia Cancela, Flauta
Elsa Silva, Piano


Somente (1999) [estreia em Portugal] (Mezzo, Fl, Guit)
sobre poema de António Franco Alexandre 

Susana Teixeira, Mezzo-soprano
João Pereira Coutinho, Flauta
Paulo Amorim, Guitarra


Coração (2015) (Mezzo, Fl, Cl, Vl, Vla, Vcl, Hp, Pno, Perc)

Grupo de Música Contemporânea de Lisboa
Vasco Pearce de Azevedo, direcção
Susana Teixeira, Mezzo-soprano
João Pereira Coutinho, Flauta
Luís Gomes, Clarinete
José Sá Machado, Violino
Ricardo Mateus, Viola
Jorge Sá Machado, Violoncelo
Inês Cavalheiro, Harpa
Dana Radu, Piano
Fátima Juvandes, Percussão


Redobra, para Adília (2017-2021)(para oito vozes a capella)
poemas de Adília Lopes 
I. Acabou
II: Arte Poética
III. Mariana e Chamilly
IV. Lúcia no Saldanha em pulgas
V. Deus é a nossa mulher-a-dias
VI. Quem
VII. 45 anos

Coro da ESML
Paulo Lourenço, direcção




João Madureira | Nasceu em Lisboa em 1971. Após estudos de Composição na Escola Superior de Música de Lisboa, com António Pinho Vargas e Christopher Bochmann, estudou com Franco Donatoni em Siena, York Höller em Colónia (com o apoio do Centro Nacional de Cultura), e com Ivan Fedele. Em 1998 recebe o Prémio ACARTE / Maria Madalena Azeredo Perdigão (Fundação Gulbenkian).
Tem tido as suas obras tocadas em Inglaterra, Alemanha, Itália, França, Croácia, Espanha e Portugal, por formações como o Ensemble Neue Musik, a Orchestrutopica, o Remix Ensemble, a Orchestre lyrique de Région Avignon-Provence, o NRW Art Ensemble, a Orquestra Gulbenkian, a Orquestra Sinfónica Juvenil, o Grupo de Música Contemporânea de Lisboa, o Ensemble L'Itinéraire, o Sond'Arte Electric Ensemble, a Orquestra Nacional Sinfónica da Ucrânia, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, e o Grupo de Música Antiga e Contemporânea - Sete Lágrimas, entre outros.

Participou no Festival dos 100 Dias / Expo 98, no Festival Internacional de Música de Mafra (1999 e 2004), no Festival Musica de Estrasburgo (2001 e 2006), no Festival Temps d'Images (2004), no festival World Music Days (Zagreb, 2005), no Musikfestspiele Dresden (2005), no Festival Música Viva 2006, no Festival d'Automne (Paris, 2006), nos 50 anos da Fundação Gulbenkian O Estado do Mundo, em Lisboa (2007), no Festival Internacional de Música do Estoril (2008), e nos Dias da Música 2009 - a Herança de Bach (2009).
Teve encomendas da Fundação Calouste Gulbenkian, Culturgest, Expo’98, Centro Cultural de Belém, IPPAR, Casa da Música, Teatro da Cornucópia, Teatro Nacional de São João, Presidência da República Portuguesa, Teatro Nacional D. Maria II, Miso Music Portugal, Festival Internacional de Música do Estoril e Departamento do Património Histórico e Artístico da Diocese de Beja.

Desde 2009, preside à Comissão Instaladora da Arquipélago, Associação de Compositores de Portugal.

É professor na Escola Superior de Música de Lisboa e Director Artístico do Festival Música em S. Roque.