Ouvir
Mezza-Voce
Em Direto
Mezza-Voce André Cunha Leal / Produção: Susana Valente

Outros Concertos

Pedro Emanuel Pereira | 14 Dezembro

Centro Cultural Vila Flor, Guimarães

|

Pedro Emanuel Pereira | 14 Dezembro Pedro Emanuel Pereira | 14 Dezembro

© Jorge Carmona / Antena 2



14 Dezembro | 21h30

Grande Auditório
Guimarães


Pedro Emanuel Pereira 

Apresentação de Russian Journey

Programa

Sergei Rachmaninov
 (1873–1943) - Quatro Prelúdios op. 23 e op. 32

Sergei Prokofiev
 (1891-1953) - Sonata no. 8 em si bemol maior, op. 84

Pedro Emanuel Pereira (1990) - “Sons da minha terra”

Pedro Emanuel Pereira (1990) - “Sons de Abril” Improvisação sobre temas de José Afonso


Este concerto do pianista Pedro Emanuel Pereira, inserido nas comemorações do 17º aniversário da elevação do centro histórico de Guimarães a Património Mundial pela UNESCO, conta com dois momentos: a apresentação do seu primeiro trabalho discográfico Russian Journey, com a interpretação de quatro prelúdios de Rachmaninov e do último andamento da sonata nº 8 de Prokofiev; e a estreia de obras originais suas, inspiradas na sua terra natal, Guimarães.




Pedro Emanuel Pereira é um dos mais destacados pianistas portugueses da sua geração, reconhecido pelo seu talento para a interpretação de obras de diversos estilos, mas também pela sua improvisação em torno de composições de diversa natureza, território menos frequentado pelos pianistas da música erudita, e em que torna bem presente, a cultura de raiz musical do seu país, e, num sentido mais amplo, a raiz cultural portuguesa.


Neste concerto a solo, Pedro Emanuel Pereira partilha com o público o seu primeiro trabalho discográfico, Russian Journey, resultado dos seis anos vividos  em Moscovo, refletindo as suas experiências, vivências e conhecimentos adquiridos numa das mais emblemáticas escolas de música do mundo, o Conservatório Tchaikovsky.
“Sons da Minha Terra”, é o nome que deu a um conjunto de dez peças inspiradas nas suas raízes. Segundo o artista, nestas miniaturas temos presente reminiscências do folclore português, da sua poesia, da sua arte e da sua história. Para finalizar o concerto, Pedro Emanuel Pereira presenteia-nos com uma improvisação à volta de temas de José Afonso; a esta improvisação, o artista deu-lhe a designação de “Sons de Abril”.







Pedro Emanuel Pereira é um dos mais eminentes pianistas portugueses da sua geração. Com apenas 15 anos de idade, venceu a categoria superior até 24 anos do Concurso Internacional de Piano “Cidade de San Sebastian”, em Espanha. Um ano mais tarde estreia-se a solo na Casa da Música do Porto.
Vencedor em 2014 do primeiro prémio e do prémio Hvorostovsky no Concurso Internacional “PianoVoce”, em Moscovo, e vencedor em 2017 do Concurso Internacional “Santa Cecília” no Porto, Pedro Emanuel Pereira foi laureado em mais de 20 concursos internacionais.


Pedro Emanuel Pereira nasceu em 1990, em Guimarães. Com apenas 5 anos de idade começou a aprender piano. Três anos mais tarde ingressa na classe de Marian Pivka, e sob sua tutoria, termina o curso complementar de música na sua terra natal. Em 2008, obtém uma bolsa de estudo por parte da Fundação Calouste Gulbenkian e muda-se para a Rússia, passando a estudar no Conservatório de Moscovo P.I. Tchaikovsky, na classe da pianista Vera Gornostaeva. Em 2014 termina o curso com a mais alta distinção e, no ano seguinte, muda-se para os Países Baixos, ingressando no Conservatório de Amesterdão na classe de Naum Grubert. Aí, foi-lhe atribuída uma bolsa de mérito, pela Fundação Jacques Vonk, terminando o Mestrado em junho de 2017 com nota máxima e com distinção “Cum Laude”.
Durante os seis anos em que estudou no Conservatório de Moscovo, Pedro Emanuel Pereira teve uma intensa atividade como concertista , tendo sido convidado a atuar em mais de 200 concertos um pouco por toda a Rússia, tanto a solo, com orquestra, como em grupos de câmara.
A sua carreira internacional tem-lhe proporcionado atuar um pouco por todo o mundo, tendo tocado em reconhecidos festivais em países como Alemanha, Dinamarca, Eslováquia, Espanha, E.U.A., França, Índia, Itália, Países Baixos, Portugal, Rússia, Suíça, Tailândia e Ucrânia.
Recentemente lançou o seu primeiro disco, Russian Journey, para a editora KNS Classical, com obras de Prokofiev e Rachmaninov.
Para além da sua atividade de concertista, é atualmente professor assistente na classe do pianista Naum Grubert no Conservatório de Amesterdão.



Para mais informações sobre o concerto, clicar aqui.



Fotos Jorge Carmona / Antena 2 RTP
(do concerto no MNAA, em 2018)