Ouvir
Metropolitan de Nova Iorque
Em Direto
Metropolitan de Nova Iorque TRANSMISSÃO DIRETA

Regulamento

Prémio de Composição SPA / Antena 2

8ª edição | 2019

|

Prémio de Composição SPA / Antena 2 Prémio de Composição SPA / Antena 2

Prémio de Composição SPA / Antena 2

8ª edição | 2019


Regulamento do Concurso


1. Com o objectivo de promover e incentivar a criação musical erudita contemporânea e de divulgar o trabalho dos jovens compositores, a Sociedade Portuguesa de Autores e a RTP/Antena 2 promovem mais uma edição do Prémio de Composição SPA / Antena 2 destinado a compositores de nacionalidade portuguesa ou estrangeiros residentes em Portugal há mais de quatro anos, nascidos a partir de 1 de Janeiro de 1984.

2. Os compositores vencedores do 1º prémio em anteriores edições deste concurso não podem submeter novas candidaturas.

3. As obras a concurso deverão ser inéditas e compostas exclusivamente para a seguinte formação (na sua totalidade ou em parte): 3.3.3.3*. / 4.2.3.1. / 1.2.** / 1 hrp. / cordas (13-11-9-7-5).
* são possíveis as seguintes dobragens: 1 flautim; 1 flauta alto; 1 corne inglês;1 clarinete em Mib; 1 clarinete baixo; 1 contrafagote
** a percussão indicada refere-se a 1 timp. + 2 perc.
*** a lista completa de instrumentos de percussão disponíveis deve ser consultada no formulário de inscrição.

4. As obras a concurso deverão ser puramente orquestrais, sem recurso a solista(s) nem meios electrónicos.

5. As composições deverão ser inéditas (i.e. nunca antes tocadas publicamente, gravadas ou publicadas em disco ou partitura comercial, ou que tenham ganho qualquer outro prémio até à data de fecho do Festival Jovens Músicos, a 05 de Outubro de 2019), reservando-se a organização do Prémio a estreia absoluta da obra vencedora.

6. Cada candidato pode inscrever uma obra (apenas) com uma duração de aproximadamente 6 (seis) a 12 (doze) minutos.

7. As obras a concurso devem ser enviadas encadernadas em três cópias (partitura geral).
Cada cópia incluindo exclusivamente o título e um conjunto de oito dígitos alfanuméricos, sem qualquer outro elemento que possa revelar a identidade do autor. Deve ainda ser enviado em PDF para premiodecomposicao2019@spautores.pt.

8. A candidatura deverá ser acompanhada de um envelope fechado e identificado com o código alfanumérico escolhido pelo candidato, contendo os seguintes elementos:

 Formulário de Inscrição (disponível através do Secretariado do Prémio)

 Nome completo, data de nascimento e nacionalidade

 Contacto telefónico e endereço de e.mail

 Fotocópia de documento de identificação (B.I., Cartão de Cidadão ou Passaporte)

 Documento assinado pelo autor, aceitando as condições do presente regulamento e confirmando ser o único autor e titular de direitos sobre a obra proposta a concurso

9. É aconselhável (mas não obrigatória) a inclusão de uma gravação-demo, em Midi ou outro formato áudio, da obra proposta a concurso. Esse ficheiro deverá ser entregue em CD (três cópias), devidamente identificado com o título da obra e pseudónimo do candidato.

10. As candidaturas deverão ser enviadas por correio registado até ao dia 10 de Julho de 2019 (data de recepção), para o seguinte endereço:

Prémio de Composição SPA – Antena 2
Sociedade Portuguesa de Autores
A/C DEPCI– Departamento Promoção Cultural e Institucional
Av. Duque de Loulé, 31
1069-153 Lisboa

11. As candidaturas que cheguem depois desta data serão devolvidas ao remetente.

12. O não cumprimento do estipulado no presente regulamento resultará na exclusão da candidatura.

13. O participante vencedor do 1º Prémio compromete-se a disponibilizar um conjunto das partes instrumentais, até ao dia 30 de Agosto de 2019.

14. Os candidatos não premiados que pretendam recuperar as suas partituras, deverão fazê-lo na Sede da SPA durante um período de 30 dias após o anúncio oficial dos resultados do concurso.

15. Os resultados do concurso serão divulgados durante o mês Agosto de 2019, sendo os vencedores contactados através dos endereços indicados no processo de candidatura.

16. O compositor distinguido com o 1º prémio, deverá assegurar que a obra premiada tenha a sua estreia absoluta e emissão TV e rádio no 9º Festival Jovens Músicos, sem que para o efeito lhes seja devida qualquer remuneração por parte da SPA e/ou da RTP/Antena 2.

17. O Júri será constituído por três personalidades de reconhecido mérito.

18.
O Júri poderá decidir a não atribuição de qualquer prémio.

19.
Não haverá lugar à atribuição de prémios ex aequo.

20. O Júri poderá atribuir Menções Honrosas.

21. As decisões do Júri não são passíveis de recurso.

22. A organização do concurso compromete-se a divulgar única e exclusivamente o nome dos candidatos premiados.

23. Quaisquer futuras execuções da obra vencedora deverão obrigatoriamente incluir nas notas de programa de concerto a menção "obra vencedora do Prémio de Composição SPA - Antena 2 / 2019"

24. A resolução das situações omissas neste regulamento será da responsabilidade exclusiva do Júri do concurso.

Prémios:

1º Prémio:
 Um prémio no valor pecuniário de 1500€ (mil e quinhentos euros)
 Um diploma Prémio de Composição SPA – Antena 2
 Estreia da obra premiada, interpretada pela Orquestra Gulbenkian, durante o 9º Festival Jovens Músicos, no Grande Auditório da Fundação Calouste Gulbenkian, a 05 de Outubro de 2019
 Transmissão do concerto pela RTP/Antena 2 (em canal rádio e/ou TV a anunciar oportunamente)
 A Fundação Calouste Gulbenkian associa-se a este evento atribuindo um Prémio de Formação ao compositor laureado. Esta Bolsa, no valor de €1500 deverá obrigatoriamente ser aplicada em estudos de Composição no estrangeiro até ao final de 2020.

2º Prémio:
 Um prémio no valor pecuniário de €750 (setecentos e cinquenta euros)
 Um diploma Prémio de Composição SPA – Antena 2

Os Prémios serão entregues numa cerimónia que decorrerá na Fundação Calouste Gulbenkian, no dia 03 de Outubro de 2019, no início do Festival Jovens Músicos.


Formulário de Inscrição, AQUI



Histórico de anteriores premiados:

2018 – Nelson Jesus, 1º Prémio; 
   Luís Salgueiro, Menção Honrosa
2017 – Inés Badalo, 1º Prémio; 
   Manuel Moreira, Menção Honrosa
2016 – Pedro Lima Soares, 1º Prémio; 
   Inês Badalo, Menção Honrosa
2015 – Fábio Cachão, 1º Prémio; 
   Luís Costa, Menção Honrosa
2014 – Daniel Davis, 1º Prémio; 
   Afonso Teles, Menção Honrosa
2013 – João Ceitil, 1º Prémio; 
   Daniel Davis, Menção Honrosa
2012 – Nuno da Rocha, 2º Prémio