10   de 2008 por Lara Marques Pereira
"Antes que o Diabo Saiba que Morreste": dois irmãos, interpretados por Ethan Hawke e Philip Seymour Hoffman, num thriller negro

Mais Cinema  

10 + de 2008 por Lara Marques Pereira

O ano fica marcado pela ditadura das bilheteiras, mas algumas excepções correm por fora das regras do mercado.

Sidney Lumet investiu seguro num filme que é um desconcertante e inesperado retrato de pulsões em pleno quadro familiar disfuncional.

Jerzy Skolimowski suspendeu um interregno de 17 anos com um filme em estado puro da composição de plano, da banda sonora, das interpretações.

A contagem do ano já não se faz sem um filme de animação, e neste caso "Wall-E" vai ficar como um objecto de risco que venceu o desafio.

O ano foi também de Tim Burton que experimentou, e da melhor maneira, o género musical de carne e osso.

Batman ganhou vilões à altura de um herói cada vez mais negro.

José Saramago pode finalmente ver no cinema as suas personagens em "Ensaio sobre a Cegueira".

Não foi um ano de revelações mas de confirmações, de Ethan e Joel Coen, de Daniel Day Lewis, de Wong Kar Way, ou de Sean Penn como um dos mais interessantes valores do cinema da actualidade.

 

- "Antes que o Diabo Saiba que Morreste", de Sidney Lumet

- "Brincadeiras Perigosas", de Michael Haneke

- "Ensaio Sobre a Cegueira", de Fernando Meirelles

- "Haverá Sangue", de Paul Thomas Anderson

- "Batman - O Cavaleiro das Trevas", de Christopher Nolan

- "Sweeney Todd - O Terrível Barbeiro de Fleet Street", de Tim Burton

- "Quatro Noites com Anna", de Jerzy Skolimowski

- "Wall-E", de Andrew Stanton

- "My Blueberry Nights - O Sabor do Amor", de Wong Kar Way

- "O Lado Selvagem", de Sean Penn


por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais Cinema