10   de 2008 por Tiago Alves
"Wall-E": 2008, uma brilhante odisseia no espaço

Mais Cinema  

10 + de 2008 por Tiago Alves

Alguns dos melhores filmes do ano exibidos nas salas portuguesas foram premiados nos principais eventos de cinema.

Raras vezes os filmes reconhecidos com Leão de Ouro (Veneza), Palma de Ouro (Cannes) ou o Oscar para melhor filme correspondem às obras mais marcantes de um determinado ano.

Aconteceu em 2008, o ano em que vimos: "Sedução, Conspiração", o mais recente de Ang Lee, que tinha sido consagrado com o Leão de Ouro na edição de 2007 do festival de Veneza; "Este País Não é Para Velhos", o penúltimo dos irmãos Coen, premiado com 4 Oscars, incluindo o de melhor filme; "A Turma" e "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias", ambos distinguidos, em edições consecutivas, com a Palma de Ouro do Festival de Cannes.

A história do ano faz-se com a sabedoria de Sidney Lumet (84 anos) e de Alain Resnais (86 anos); o melhor filme de ficção científica dos últimos anos (um desenho animado chamado "Wall-E", claro!); um biopic que desafiou todas as convenções do género; um filme visceral de PT Anderson; uma revelação franco-tunisina; e um regresso, o do polaco Jerzy Skolimowski, associado ao produtor Paulo Branco.



- "Wall-E", de Andrew Stanton

- "Quatro Noites com Anna", de Jerzy Skolimowski

- "A Turma", de Laurent Cantet

- "4 Meses, 3 Semanas e 2 Dias", de Cristian Mungiu

- "Antes que o Diabo Saiba que Morreste", de Sidney Lumet

- "Haverá Sangue", de Paul Thomas Anderson

- "I'm Not There - Não Estou Aí", de Todd Haynes

- "Este Pais Não é Para Velhos", de Joel e Ethan Coen

- "Corações", de Alain Resnais

- "O Segredo de um Cuscus", de Abdel Kechiche

- "Sedução, Conspiração", de Ang Lee

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais Cinema