Veneza 2017  

A Fúria de Frances McDormand

A atriz tem um dos melhores desempenhos do 74º Festival de Veneza. "Three Billboards Outside Ebbing, Missouri" é uma comédia negra sobre um crime numa cidade preconceituosa.

Média Cinemax:
3.5

Na pequena cidade de Ebbing, Mildred Haynes (McDormand), decide provocar a polícia local, por não ter descoberto o assassino da filha adolescente, que morreu  espancada, violada e queimada. 

Esta mãe está disposta a tudo para que seja feita justiça, e por isso decide usar três velhos cartazes, à beira de uma estrada onde já quase ninguém passa, para tentar quebrar a indolência das autoridades locais.

Uma das mensagens dirige-se especificamente ao chefe da polícia interpretado por Woody Harrelson. Os cartazes vão mexer com a população da pequena cidade, onde machismo, racismo e violência são marcas evidentes e aceites. Mas Mildred chegou a um ponto de rutura e vai lidar com as reações negativas, com uma fúria crescente. 

O realizador Martin McDonagh ("Em Bruges") propõe um retrato cómico, mas totalmente certeiro e acutilante sobre as pequenas cidades do interior, onde a polícia abusa do poder, as crianças crescem com violência em casa, os negros e os homossexuais são mal tratados. 

No centro da história, Frances McDormand está implacável, de língua afiada e voz critica de uma certa América, com tiradas que mereceram aplausos durante a sessão para a imprensa.
 
"Three Billboards Outside Ebbing, Missouri" é uma comédia negra, com um argumento inteligente e hábil, capaz de alimentar o drama policial sobre quem assassinou a jovem filha de Mildred, ao mesmo tempo que faz desfilar uma galeria de personagens que não se esgotam numa primeira impressão, e que dão complexidade à história.

O filme está na corrida ao Leão de Ouro, com algumas hipóteses de chegar a prémios, a começar por Frances McDormand, com o melhor papel desde "Fargo", a mostrar novamente, que é uma mulher capaz de tomar conta de todo o filme.

por
publicado 22:54 - 05 setembro '17

Recomendamos: Veja mais Artigos de Veneza 2017