A história entre passado e presente
Godehard Giese, Franz Rogowski [de costas] e Paula Beer — no tempo ambíguo do cinema

Festival  

A história entre passado e presente

É, por certo, um dos títulos mais significativos na secção competitiva da 12ª edição do LEFFEST: "Transit", do alemão Christian Petzold, revisita o passado para espelhar temas e traumas do nosso presente.

Crítica recomendada:
A história entre passado e presente
Estreia
Uma tragédia alemã Christian Petzold, cineasta alemão, distingue-se por uma rigorosa geometria narrativa, sempre apoiada num elaborado trabalho com os ...

Conhecemos Christian Petzold através de filmes como "Jerichow" (2008), "Barbara" (2012) ou "Phoenix" (2014), capazes de revisitar momentos emblemáticos da história da Alemanha — e da Europa —, propondo surpreendentes derivações psicológicas ou simbólicas. Integrado na secção competitiva do LEFFEST, o seu título mais recente, "Transit" (revelado no Festival de Berlim), constitui mais um brilhante capítulo na sua trajectória.

Estamos perante uma adaptação de um célebre romance de Anna Seghers, "Transit" (1942), retratando a França ocupada pelos nazis a partir da narrativa de um sobrevivente dos campos de concentração. Com um desvio tão arriscado quanto sedutor: Petzold situa a acção no nosso século XXI, não exactamente para instalar um "futurismo" de ficção científica, antes para observar os ecos temáticos da história de Seghers — a repressão, os refugiados, a resistência política — num tempo que reconhecemos como nosso.

Centrado na experiência de Georg e, em particular, no modo como assume a herança (e os documentos) de um escritor falecido, "Transit" vai-se impondo como uma parábola tanto mais perturbante quanto a sua utopia de liberdade se situa num tempo ambíguo — tempo passado pelas memórias que transporta, tempo presente pelos sinais que congrega. Isto sem esquecer uma exemplar galeria de actores, com inevitável destaque para o notável Franz Rogowski, intérprete de Georg.


* MONUMENTAL

  • A história entre passado e presente
    Estreia
    Realismo alemão
    Christian Petzold continua a contar histórias da sua Alemanha: no caso de "Barbara", através de uma personagem politicamente marginalizada, ...
  • A história entre passado e presente
    Estreia
    A tragédia de um rosto
    Confirma-se a vitalidade de uma tendência para reavaliar as heranças da Segunda Guerra Mundial: "Phoenix", com essa extraordinária actriz ...
por
publicado 00:14 - 23 novembro '18

Recomendamos: Veja mais Artigos de Festival