A velhice não é o Outono da vida
O realizador , argumenista e actor numa cena de "Almoço de 15 de Agosto"

Mais CinemaCinema EuropeuComédiaMais CinemaMais Cinema  

A velhice não é o Outono da vida

Gianni Di Gregorio explicou, em Lisboa, como fez uma comédia com quatro senhoras de idades avançadas.

A vivência de Gianni Di Gregorio, actor, argumentista e realizador estreante, inspirou-se na vivência pessoal para escrever o argumento do popular "Almoço de 15 de Agosto".

Em tempos, quando vivia com a mãe, uma mulher possessiva e caprichosa como tantas mães italianas, aprendeu a conviver com os mais velhos e a entender os medos e a solidão que sentem. Na altura, o administrador do prédio onde viviam pediu-lhe que acolhesse a mãe, em troca do pagamento de algumas dívidas de condomínio. O realizador não aceitou, mas encontrou o mote para fazer o filme.

"Almoço de 15 de Agosto" passou na Festa do Cinema Italiano que trouxe o realizador a Lisboa. Depois da experiência de filmar com quatro senhoras de idades avançadas (93, 90, 87 e 85 anos), Gianni Di Gregorio admite que se voltasse atrás talvez tivesse acedido em receber aquela senhora.

O filme desenvolve-se a partir dos vários pedidos para receber as mães de outros que querem sair de Roma no feriado religioso de Agosto. Gianni vai aceitando e organizando como pode os vários caprichos das hóspedes que tem em casa. As quatro mulheres que escolheu para o filme são conhecidas do próprio realizador: uma tia, uma amiga e duas senhoras que escolheu num centro de idosos.

Filmar o encontro destas personagens foi também contrariar algo que é natural para quem começou no cinema como argumentista, ou seja, rapidamente percebeu que podia dispensar o guião e confiar nas conversas trocadas pelas protagonistas. No filme, o que começa por ser uma obrigação é transformado numa verdadeira festa de dia feriado.

O resultado é uma comédia familiar que tem conseguido o que parecia impossível nas salas de cinema italianas. Novos e velhos assistem juntos a um retrato ternurento sobre a possibilidade de convivência com as gerações mais velhas, regado com vinho branco e mozarella.

Gianni Di Gregorio demorou 10 anos a encontrar produtor, acabou por conseguir junto de Matteo Garrone ("Gomorra") e concretizou uma comédia que contribuiu para a revitalização actual do cinema italiano.


ALMOÇO DE 15 DE AGOSTO

De Gianni Di Gregorio
com Gianni Di Gregorio, Valeria De Franciscis, Marina Cacciotti
Drama
75m
M/12
ITÁLIA
2008

 
Ouça Gianni Di Gregorio entrevistado por Lara Marques Pereira


por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaCinema EuropeuComédiaMais CinemaMais Cinema