Algumas pequenas anedotas
Imagem de um dos episódios de "Relatos Salvajes": porquê na secção competitiva?

Cannes 2014: RELATOS SALVAJES, Damián SZIFRON  

Algumas pequenas anedotas

Acumulando uma série de episódios mais ou menos anedóticos, "Relatos Selvajes" é uma realização do cineasta argentino Damián Szifron cuja banalidade não se adequa a uma presença na secção competitiva de Cannes.

Trailer/Cartaz/Sinopse:
 Algumas pequenas anedotas
Relatos Salvajes Vulneráveis ​​face à realidade perturbante e imprevisível, as personagens de "Relatos Salvajes" atravessam a fronteira que separa a civilização da barbárie. Uma traição amorosa, o retorno ao passado, uma tragédia, ou mesmo a violência de um detalhe quotidiano, levam estas personagens a perder as estribeiras e a experimentar o prazer do descontrolo emocional.
Média Cinemax:
1.667

É bem provável que cheguemos ao final desta 67ª edição dos Festival de Cannes fazendo um balanço entusiasta. O certo é que isso não impede que se cumpra uma "tradição" bizarra — há sempre um filme da competição que nos leva a perguntar: o que é que "isto" está aqui a fazer?

Este ano, esse filme será "Relatos Salvajes", de Damián Szifron, coprodução Espanha/Argentina que, à partida, não deixa de ter um trunfo curioso: recuperar o conceito do "filme-de-episódios" para inventariar uma série de histórias sobre as aparências das relações sociais e a maldade humana.

Temos, assim, por exemplo: um grupo de passageiros num avião, descobrindo algo de inquietante sobre a identidade do respectivo comandante; ou dois automobilistas que discutem numa estrada deserta num crescendo de violência; ou ainda um casamento em que a noiva descobre as infidelidades do noivo...

São pequenas anedotas dramáticas contadas com uma atitude de olímpico desprezo pela dimensão humana e, sobretudo, apoiando-se num registo vulgar e estereotipado, a meio caminho entre o mais banal filme de terror e uma patética comédia do absurdo. De facto, não há muito a dizer, a não ser explicitar o espanto de ver um objecto tão medíocre integrado numa selecção em que já passou, por exemplo, o extraordinário "Winter Sleep", de Nuri Bilge Ceylan.

por
publicado 23:28 - 17 maio '14

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2014