As contas do cinema europeu em 2010
"Benvenuti al Sud", um dos maiores sucessos de sempre do cinema italiano, foi decisivo para o aumento de audiência nas salas transalpinas.

Box OfficeCinema Europeu  

As contas do cinema europeu em 2010

O Observatório Europeu do Audiovisual apresentou no Festival de Berlim o habitual relatório preliminar sobre audiências de cinema na União Europeia em 2010.

Apesar do ano recorde em França e da subida da Itália, as quebras nos outros três grandes mercados da União Europeia - Alemanha, Espanha e Reino Unido - acabaram por reflectir-se numa descida de 2% no número total de espectadores.

Entre os países que mais cresceram estão a Roménia e a Bulgária, ambas na casa dos 20%.

Fora da União Europeia, Turquia e Rússia também subiram acima dos 10%. A Rússia tornou-se mesmo o terceiro maior mercado europeu de exibição de cinema.  

Mesmo com a quebra de 2% na audiência as receitas subiram na maior parte dos países, um facto que confirma a ideia de que o 3D está a compensar as quebras na venda de bilhetes.

No que diz respeito às produções nacionais o cenário difere consoante o mercado.

Há países onde a audiência da produção própria não ultrapassa sequer os 5% - casos da Eslovénia, Bulgária, Estónia ou Portugal.

No outro extremo estão, por exemplo, a França, República Checa e Itália, mercados onde os filmes nacionais atraíram mais de 30% do total de espectadores.


por
publicado 20:00 - 15 fevereiro '11

Recomendamos: Veja mais Artigos de Box OfficeCinema Europeu