007: Sem Tempo Para Morrer adiado para novembro

Cinema Norte-americano  

"007: Sem Tempo Para Morrer" adiado para novembro

A estreia estava marcada para o início de abril.


A MGM, a Universal Pictures e os produtores de ‘007: Sem Tempo Para Morrer’, Michael G Wilson and Barbara Broccoli, anunciaram hoje publicamante o adiamento para novembro da estreia do 25º filme da saga James Bond.

O vírus COVID-19 e a epidemia que está a assolar grande parte do mundo não foram referidos no comunicado, mas são a justificação mais plausível.

A China, o segundo maior mercado em termos de consumo de cinema, depois dos EUA, é um dos países mais afetados pela doença e as salas de espectáculo no país foram encerradas como forma de conter o contágio. Medidas semelhantes estão a ser adotadas noutras partes do planeta como a Itália, ou a Coreia do Sul, onde os números da epidemia têm assumido proporções mais graves.

Analistas norte-americanos estimam que, até ao final de março, a epidemia do coronavírus possa provocar um prejuízo de perto de cinco mil milhões de dólares na indústria cinematográfica.

Em ‘007: Sem Tempo para Morrer’, o 25º filme da saga, James Bond deixou o serviço ativo e está a desfrutar de uma vida tranquila na Jamaica. Mas a sua paz termina rapidamente quando o seu velho amigo Felix Leiter, da CIA, aparece com um pedido de ajuda. A missão de resgatar um cientista raptado acaba por ser bastante mais traiçoeira do que o esperado, o que leva Bond a perseguir um misterioso vilão, armado com uma nova tecnologia perigosa.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Norte-americano