Cannes 2021: as compras da distribuição portuguesa
"Vortex" do realizador Gaspar Noé.

Cannes 2021  

Cannes 2021: as compras da distribuição portuguesa

"Annette", o filme de abertura, já está nas salas, mas há outros títulos com distribuição assegurada em Portugal.

Além de "Annette", de Léos Carax, filme de abertura do festival que teve estreia quase simultânea no nosso país, a NOS Audiovisuais garantiu direitos para Portugal de "Flag Day", de Sean Penn, e "The French Dispatch", de Wes Anderson, outros dois títulos da competição principal.

Do lado do maior distribuidor nacional estão ainda "De Sont Vivant", da francesa Emmanuelle Bercot, "Where is Anne Frank?", do israelita Ari Folman, e a estranha biografia de Céline Dion, "Aline", assinada por Valérie Lermercier, três filmes que integraram a seleção oficial de Cannes, mas foram exibidos fora de competição.

"Mothering Sunday", filme em inglês da francesa Eva Husson, parte da secção Cannes Premiere, a aventura de ação "OSS 117: Alerte rouge en Afrique noire", mostrado fora das secções competitivas, e "La Croisade", outro filme gaulês, mas de Louis Garrel, integrante do novíssimo departamento de Cannes batizado "Cinema for the Climate", completam as escolhas da NOS anunciadas até ao momento.

A Leopardo Filmes, como é habitual, aposta forte em Cannes e garantiu as estreias em Portugal de seis filmes da competição oficial, "Benedetta", pelo holandês Paul Verhoeven, "Drive My Car", do japonês Ryusuke Hamaguchi, "France", de Bruno Dumont, "Les Olympiades", de Jacques Audiard, "The Story of My Wife", da húngara Ildikó Enyedi, e "Tout s'est bien passé" de François Ozon, e ainda "Serre-Moi Fort", de Mathieu Amalric, da secção Cannes Première.

A Midas Filmes vai estrear "Memória", do tailandês Apichatpong Weerasethakul, e "Tre Pianni", do italiano Nanni Moretti, ambos em compita pela Palma de Ouro, e "Tromperie", do francês Arnaud Desplechin, uma das Cannes Premieres. Outras possíveis novidades, só mais tarde, após o fim do festival.

"Un Herós", do iraniano Asghar Farhadi, e "Bergman Island" de Mia-Hansen Love estão fechados do lado da Alambique que poderá garantir também o muito falado "Titane", da realizadora francesa Julia Ducournau e "Nitram", do australiano Justin Kurzel para completar o seu quarteto de títulos presentes em competição.

Da parte da Legendmain, estão fechadas as compras de "Vortex", o novo de Gaspar Noé, da secção Cannes Premiere, "Unclenching the Fists", da russa Kira Kovalenko, filme vencedor da secção competitiva, Un Certain Regard, destinada a cineastas emergentes onde o distruibuidor português também adquiriu "La Civil", de Teodora Ana Mihai, a juntar a "Compartment n.6", do finlandês Juho Kuosmanen, da competição principal.

Quanto à Outsider Films, anunciou apenas "Olga", de Elie Grappe, exibido na secção paralela da Semana da Crítica.

Por fim, a Cinemundo, via Universal Pictures, irá provavelmente distribuir "Red Rocket", de Sean Baker, outro título que luta pela Palma de Ouro, e "Stillwater", do americano Tom McCarthy, que teve estreia mundial em Cannes, fora de competição.


por
publicado 22:44 - 15 julho '21

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2021