Cannes 2022: Fogo-Fátuo de João Pedro Rodrigues na Quinzena dos Realizadores
Imagem oficial da Quinzena dos Realizadores 2022.

Cinema PortuguêsCannes 2022  

Cannes 2022: "Fogo-Fátuo" de João Pedro Rodrigues na Quinzena dos Realizadores

O novo filme do cineasta português é um dos 23 anunciados hoje no alinhamento da secção.

Artigo recomendado:
Cannes 2022: Fogo-Fátuo de João Pedro Rodrigues na Quinzena dos Realizadores
Cannes 2022
Cineasta russo Kirill Serebrennikov compete em Cannes A organização do festival recusa a presença de delegações oficiais russas, mas admite obras de opositores do regime.

"Fogo-Fátuo" de João Pedro Rodrigues integra o alinhamento de longas-metragens da Quinzena dos Realizadores, anunciada esta manhã. Produção luso-francesa, com Mauro Costa e André Cabral, é descrito pelo comité de selecção como "uma fantasia musical inesperada", um "conto erótico e político onde um jovem príncipe descobre o quotidiano de um quartel de bombeiros".

É uma das 24 longas-metragens a exibir na secção paralela à selecção oficial entre 17 e 28 de maio. À lista revelada hoje será adicionado mais um filme, de origem asiática, nos próximos dias, bem como a seleção de curtas-metragens.

Entre as escolhas da Quinzena dos Realizadores, são 18 os cineastas que se apresentam em Cannes pela primeira vez, nove deles com primeiras obras.

A seu lado, nomes conhecidos como os britânicos Alex Garland, que apresenta o filme de terror "Men" e Mark Jenkin com "Enys Men", ou as francesas, Mia Hansen-Løve com o drama romântico "Un Beau Matin", e Alice Winocour com "Revoir Paris".

"L'Envol" do italiano Pietro Marcello será o filme de abertura.

Criada em 1969 pela Société des Réalisateurs de Films, a Quinzena dos Realizadores é uma selecção paralela não competitiva do Festival de de Cannes dedicada a explorar novas formas e visões cinematográficas.

Quinzena dos Realizadores 2022


L'Envol (França, Itália)
Realização: Pietro Marcello

1976 (Chile-Itália)
Realização: Manuela Martelli *

Le Barrage (França-Sudãon-Qatar-Alemanha)
Realização: Ali Cherri *

Les Années Super 8 (França) (doc)
Realização: Annie Ernaux, David Ernaux-Briot *

Ashkal (Tunísia-França)
Realização: Youssef Chebbi *

Les Cinq Diables (França)
Realização: Léa Mysius

De Humani Corporis Fabrica (França-EUA) (doc)
Realização: Véréna Paravel, Lucien Castaing-Taylor

La dérive des continents (au sud) (Suíça)
Realização: Lionel Baier

The Water (Espanha)
Realização: Elena López Riera *

Enys Men (Reino Unido)
Realização: Mark Jenkin

Falcon Lake (Canadá-França)
Realização: Charlotte Le Bon *

Fogo-Fátuo (Portugal)
Realização: João Pedro Rodrigues

Funny Pages (EUA)
Realização: Owen Kline *

God’s Creatures (Irlanda, Reino Unido)
Realização: Anna Rose Holmer, Saela Davis

Les Harkis (França)
Realização: Philippe Faucon

La Montagne (França)
Realização: Thomas Salvador

Men (EUA, Reino Unido)
Realização: Alex Garland (Special Screening)

Pamfir (Ucrânia, França)
Realização: Dmytro Sukholytkyy-Sobchuk *

Revoir Paris (França)
Realização: Alice Winocour

Sous Le Figues (Tunísia-França-Suíça)
Realização: Erige Sehiri

Un Beau Matin (França)
Realização: Mia Hansen-Løve

Un Váron (Colômbia, França, Países Baixos, Holanda, Alemanha)
Realização: Fabian Hernández *

Le Parfum Vert (França) Filme de Encerramento
Realização: Nicolas Pariser

* primeiras obras

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema PortuguêsCannes 2022