Cannes: e o vencedor é...?

Cannes 2015  

Cannes: e o vencedor é...?

De acordo com a classificação do painel do CINEMAX, os cineastas Todd Haynes, Nanni Moreti, Jia Zhang-Ke, Hou Hsiao-Hisein e László Nemes estão entre os favoritos. Veja a votação e leia as críticas.

Artigo recomendado:
Cannes: e o vencedor é...?
Cannes 2015
Filmando o encontro de duas solidões Todd Haynes continua fiel à escrita melodramática: em "Carol", adaptado de um romance de Patricia Highsmith, ele encena o envolvimento ...

Cinco filmes destacam-se com pontuação média superior a 4 estrelas (****) no painel do Cinemax composto por Tiago Aves (Antena 1), José Paulo Alcobia (Antena 3), João Lopes (Cinemax/DN) e João Antunes (Jornal de Notícias), que pode ser consultado aqui: Cannes 2015 - estrelato filmes em competição.

Três dos filmes mais votados são históricos e os outros dois são dramas contemporâneos. Nesta pequena lista estão três autores europeus, dois asiáticos e um norte-americano.

"Carol", o melodrama de época de Todd Haynes, inspirado no romance "The Price of Salt" (1952), de Patricia Highsmith sobre a história de amor de duas mulheres, vivido no começo da década de 1950.

"Assassíno", uma quase ópera, filme histórico onde o cineasta de Taiwan Hou Hsiao-Hsien aborda os conflitos do séc. IX, na China.

"Mountains May Departed" do chinês Jia Zhang-Ke, um filme em três capítulos situados em 1999, 2014 e 2025. Será curioso se o cineasta ganhar a Palma de Ouro porque acontece na mesma edição onde foi consagrado com um prémio de carreira na Quinzena dos Realizadores.

"Mia Madre" de Nanni Moretti, onde dois irmãos encaram a progressiva certeza da chegada da morte da sua mãe. O cineasta italiano pode ganhar a sua segunda Palma de Ouro, 14 anos depois de ter sido premiado com "O Quarto do Filho", onde abordava, igualmente, o tema da morte.

"O Filho de Saul", de László Nemes, cineasta húngaro, nascido em 1977, um filme invulgar sobre o Holocausto. Se vencer a Palma de Ouro será a primeira vez nos últimos 26 anos que o festival de Cannes consagra uma primeira obra com a Palma de Ouro (aconteceu em 1989 com "Sexo, Mentiras e Vídeo" de Steven Soderbergh).

De acordo com as classificações atribuídas pelo Cinemax, as desilusões do festival foram: "Macbeth", de Justin Kurzel, "The Valley of Love", de Guillaume Nicloux, "Louder than Bombs" de Joachim Trier, "Mon Roi", de Maïwenn, e "Marguerite et Julien", de Valérie Donzelli.

Curioso notar que entre os cinco piores estão três filmes franceses.

  • Cannes: e o vencedor é...?
    Cannes 2015
    Nanni Moretti filma a chegada da morte
    Nanni Moretti traz a Cannes o seu filme mais recente: "Mia Madre" é a crónica de dois irmãos confrontados com a gravíssima doença da mãe — ...
  • Cannes: e o vencedor é...?
    Cannes 2015
    A revelação de László Nemes
    O filme húngaro "Le Fils de Saul" é, este ano, a única primeira obra escolhida para integrar a secção competitiva do Festival de Cannes — ...
  • Cannes: e o vencedor é...?
    Cannes 2015
    A China de Jia Zhang-Ke
    Brilhante retratista da história moderna da China, Jia Zhang-Ke está de volta com o magnífico "Mountains May Depart", um filme em três ...
  • Cannes: e o vencedor é...?
    Cannes 2015
    Como se fosse uma ópera
    O cineasta de Taiwan Hou Hsiao-Hsien aborda os conflitos do séc. IX, na China, a partir da personagem de uma jovem mulher especialista em ...
por
publicado 15:07 - 23 maio '15

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2015