Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos chega aos cinemas portugueses em março de 2019

Cinema BrasileiroCinema Português  

"Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos" chega aos cinemas portugueses em março de 2019

O filme luso-brasileiro de João Salavisa e Renée Nader Messora foi premiado na mais recente edição do Festival de Cannes.

O filme "Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos", produção luso-brasileira realizada por João Salavisa e Renée Nader Messora estreia a 14 de março de 2019 nas salas de cinema portuguesas, anunciou hoje a distribuidora, Desforra Apache.

Prémio especial do Júri da secção Un Certain Regard, no Festival de Cinema de Cannes deste ano, o filme acumulou mais três galardões no passado fim de semana - Prémio Especial do Júri do Festival Internacional de Cine Mar del Plata, na Argentina, e prémios de melhor realização e melhor fotografia no Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro. Eem agosto recebera o prémio de melhor obra de ficção do Festival de Cinema de Lima, no Peru.

Desde a primeira exibição pública, em Cannes, "Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos" passou por mais de 30 festivais e foi distinguido por nove vezes.

Rodado ao longo de nove meses, numa aldeia indígena no estado de Tocatins, no centro do Brasil, é protagonizado por Ihjãc, um adolescente indígena do povo Krahô que rejeita o seu destino de se transformar em xamã e foge para a cidade de Itacajá. Longe do seu povo e da sua cultura, vai enfrentar a realidade de ser um indígena no Brasil contemporâneo.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema BrasileiroCinema Português