Cinemateca Francesa também está online
Cinemateca Francesa — de Paris para o mundo cinéfilo...

Mais Cinema  

Cinemateca Francesa também está online

Mais uma instituição do mundo do cinema a disponibilizar conteúdos: a Cinemateca Francesa oferece alguns clássicos em cópias restauradas, com destaque para a "A Queda da Casa de Usher" (1928), de Jean Epstein.

Artigo recomendado:
Cinemateca Francesa também está online
Cinema Português
Cinemateca lança iniciativa para o período de isolamento A Cinemateca Portuguesa lança esta semana uma iniciativa destinada à divulgação de parte do seu acervo na Internet.

Para lá da crescente actividade das plataformas comerciais, são várias as instituições que estão a gerir a situação de confinamento oferecendo títulos clássicos aos seus visitantes — recorde-se o exemplo da Cinemateca Portuguesa.

Entidade tutelar e mítica na história dos arquivos cinematográficos, a Cinemateca Francesa está também a disponibilizar muitos conteúdos. Numa zona do seu site a que foi dada a designação de 'Henri' — do nome do seu mais célebre fundador e director, o lendário Henri Langlois (1914-1977) —, podemos encontrar uma pequena e fascinante colecção de cópias, impecavelmente restauradas.

Aí estão alguns exemplos de experiências vanguardistas, dois títulos de Otar Iosseliani, sendo o grande destaque a presença de obras de Jean Epstein (1897-1953), figura marcante na história do cinema francês, cuja herança envolve também a escrita crítica, teórica e romanesca. Na galeria dos seus filmes colocados online surge "A Queda da Casa de Usher" (1928), porventura a mais célebre adaptação de Edgar Allan Poe.

Documento a ver é esta curta-metragem "Henri Langlois vu par", uma colecção de depoimentos de cineastas de todo o mundo produzida pela própria Cinemateca, em 2014, para comemorar o centenário do nascimento de Langlois.


Numa outra secção, está também disponível uma imensidão de documentos, desde os registos das Lições de Cinema e outras sessões realizadas nas instalações da Cinemateca Francesa (Martin Scorsese, Jerzy Skolimowski, Isabella Rossellini, etc.) até textos críticos e teóricos — tudo para ver e ler em 'Découvrir'.

por
publicado 16:03 - 22 abril '20

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais Cinema