Curta-metragem de Cristèle Alves Meira candidata a uma nomeação para os Césares
"Herói Invisível" esteve em Cannes, na Semana da Crítica de 2019

Curta-metragem  

Curta-metragem de Cristèle Alves Meira candidata a uma nomeação para os Césares

O filme da realizadora luso-francesa teve estreia mundial no IndieLisboa e presença na Semana da Crítica de Cannes.

"Herói Invisível", de Cristèle Alves Meira é um dos 24 filmes selecionados pelo comité de curta-metragem da academia francesa de cinema como candidatos a uma nomeação para os César. Desta lista vão sair os cinco finalistas que disputarão o prémio.

A realizadora luso-francesa Cristèle Alves Meira tem duas presenças em Cannes, ambas na Semana da Crítica, primeiro em 2016 com "Campo de Víboras", e em 2019 com este "Herói Invisivel" que teve estreia mundial no IndieLisboa.

Cristèle está a preparar a rodagem da sua primeira longa-metragem, "Bruxa", com início de rodagem previsto para o final de maio na zona de Trás-os-Montes. Foi durante um casting nessa zona do país, onde tem as raízes portuguesas, que conheceu Duarte Pina, um homem cego de 50 anos, que acabou por ser o protagonista de "Herói Invisível", história de alguém que gosta de cantar e que procura um amigo para quem compôs uma canção.

O anúncio das nomeações dos Prémios César está marcado para 10 de fevereiro e a cerimónia de entrega terá lugar a 12 de março.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Curta-metragem