Três curtas portuguesas na competição de Berlim
"Onde o Verão Vai (Episódios da Juventude)" é uma produção da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa .

Cinema PortuguêsFestival  

Três curtas portuguesas na competição de Berlim

Entre os 22 filmes que competirão pelo Urso de Ouro estão três produções portuguesas em estreia mundial.

O Festival Internacional de Cinema de Berlim anunciou a programação da competição internacional de curtas metragens da edição de 2018. A seleção oficial inclui as curtas-metragens "Madness", de João Viana, "Onde o Verão Vai (Episódios da Juventude)", de David Pinheiro Vicente, e "Russa", uma obra conjunta de João Salaviza e Ricardo Alves Jr.

"Onde o Verão Vai (Episódios da Juventude)" é uma produção da Escola Superior de Teatro e Cinema de Lisboa (ESTC) e foi realizada em contexto escolar por uma equipa composta por alunos da escola.  É a primeira vez que a ESTC tem uma curta seleccionada na competição principal deste festival, um dos mais importantes do mundo, cuja 68ª edição decorre de 15 a 25 de Fevereiro.

"Onde o Verão Vai (episódios da juventude)" fala sobre a frescura da juventude, o desejo de se descobrir a si próprio no meio dos outros, o poder e a magia da Natureza e acerca daqueles que caminham sem rumo.

Para quase todos os membros da equipa artística e equipa técnica, este é o seu primeiro filme; um encontro entre estudantes de cinema recém-formados, ansiando partilhar a sua visão jovem e paixão pelo cinema numa última parte da sua própria viagem.

Entre os três filmes selecionados, destaque para o regresso de João Salaviza a uma competição onde esteve em 2017, com "Altas Cidades de Ossadas", e em 2012, ano em que conquistou o Urso de Ouro, com "Rafa".

"Russa" resulta de uma residência artística que João Salaviza e o realizador brasileiro Ricardo Alves Jr. fizeram no Porto, a convite da autarquia, tendo rodado o filme no Bairro do Aleixo.

Com "Madness", João Viana também regressa ao festival de Berlim, cinco anos depois de ter exibido "Tabatô" - nomeado para o Urso de Ouro - e "A Batalha de Tabatô", distinguido com o prémio de melhor estreia.

O Festival de Cinema de Berlim decorrerá de 15 a 25 de fevereiro e do júri da competição de curtas faz parte o realizador português Diogo Costa Amarante, Urso de Ouro em 2017, com "Cidade Pequena".

por
publicado 14:39 - 09 janeiro '18

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema PortuguêsFestival