DiCaprio em Revolutionary Road:um homem de família
Frank, na encruzilhada do sonho americano: entre o compromisso familiar e a possibilidade de ser feliz

Mais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Norte-americano  

DiCaprio em "Revolutionary Road":
um homem de família

A história repetiu-se: Kate Winslet deixou DiCaprio a falar com os jornalistas.

Numa tarde chuvosa, no hotel Dorchester, em Londres, Leonardo DiCaprio e Kate Winslet deviam ter-se reencontrado novamente, desta vez para participar na promoção de "Revolutionary Road". Foi ali que o par esteve, em 1998, a promover "Titanic".

Há dez anos Kate ainda apareceu, mas acabaria por não dar entrevistas por razões pessoais. Desta vez, também falhou. Diz-se que por causa de uma constipação. Mas as razões parecem agora claras após ter falhado a nomeação para o Oscar de melhor actriz pelo desempenho de April neste filme.

Ficámos com Leonardo di Caprio que sublinhou a amizade com Kate e a experiência de trabalhar com Sam Mendes, numa perspectiva muito próxima da direcção teatral. Aliás, em "Revolutionary Road", tudo foi executado cronologicamente, por forma aos actores poderem gerir os sentimentos das personagens de forma contínua.

O filme é um retrato das ambições de um jovem casal norte-americano dos anos 50 que vai viver para o subúrbio, mas com o sonho de se mudar para Paris.

Utopia que se revelará trágica.

Ouça Leonardo DiCaprio em declarações a José Paulo Alcobia

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Norte-americano