Documentário a caminho dos Óscares?
"Three Identical Strangers": um fenómeno do género documental

Documentário  

Documentário a caminho dos Óscares?

Nas bilheteiras dos EUA, "Three Identical Strangers" já ultrapassou os 10 milhões de dólares de receitas — é um valor excepcional para um produto do género documental.

Nas salas dos EUA, "Three Identical Strangers" é um dos fenómenos do momento: o documentário, realizado por Tim Wardle, narra a história incrível de três gémeos, nascidos em 1961, que foram separados à nascença. Protagonizaram, desse modo, uma "experiência" intencional (social e psiquiátrica) que os levou a crescer, com apelidos diferentes, em famílias de diferentes extractos sociais — ao descobrirem-se, por mero acaso, em 1980, viveram um bizarro processo de revelação, fascínio e trauma...

Para além das questões que levanta, ligadas, em particular, ao historial do exercício da medicina psiquiátrica nos EUA, "Three Identical Strangers" está a tornar-se também um invulgar fenómeno de bilheteira: em oito semanas de exibição, as receitas do filme já ultrapassaram 10 milhões de dólares, valor excepcional no domínio dos documentários.

No passado mês de Janeiro, "Three Identical Strangers" foi distinguido com o Prémio Especial do Júri no Festival de Sundance. Embora seja prematuro avançar com grandes especulações sobre os próximos Óscares, há quem o identifique, desde já, como um sério concorrente na categoria de melhor documentário — eis o trailer.

por
publicado 19:03 - 20 agosto '18

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema Norte-americanoDocumentário