Dois em Um:o cinema dos irmãos Dardenne
Arta Dobroshi com Luc (esquerda) e Pierre (direita) Dardenne no festival de Cannes.

Mais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Europeu  

Dois em Um:
o cinema dos irmãos Dardenne

Jean Pierre e Luc Dardenne têm um olhar único no panorama do cinema europeu. Regressam com "O Silêncio de Lorna", que recebeu o prémio de melhor argumento no festival de Cannes.

Não estão sempre de acordo - e nisto concordam, os dois irmãos - mas têm a mesma visão do filme que fazem. Um olhar próximo dos protagonistas, duro como a realidade é tantas vezes, e despido de truques que o cinema permite. Têm o mesmo impulso, transformado em trabalho de dupla, completam-se em harmonia.

"O Silêncio de Lorna" nasce do desejo de filmar uma mulher ("Roseta", Palma de Ouro em 1999, era uma adolescente enfurecida) cruzado com uma história verídica. Uma rede de casamentos por conveniência a operar na Europa, que elegia os toxicodependentes como alvo perfeito, para serem pagos pelos casamentos, e deixarem as imigrantes viúvas.

A Bélgica funciona aqui como o país de possibilidades para Lorna, uma albanesa que consegue a nacionalidade para depois poder casar com homens que estejam dispostos a pagar pelo mesmo. O marido é o junkie de serviço que contraria todos os planos, ao tentar a recuperação e contornar a morte através do consumo.

"O Silêncio de Lorna" não é um retrato moral, mas uma exposição sobre a culpa. Lorna vai alimentar o silêncio até se consumir no dilema da confrontação com a vida humana do marido.

Lorna é Arta Dobroshi, uma actriz do Kosovo, 22 anos, que chegou aos Dardenne sem pistas psicológicas sobre esta mulher, apenas uma composição física e acções a desempenhar.

É quase sempre assim no cinema destes dois irmãos belgas, as personagens não podem ser julgadas porque agem como se fosse a única salvação. Mas ao contrário dos outros filmes da carreira da dupla ("A promessa", A criança", "O filho") esta é uma história de amor.

Ouça a reportagem de Lara Marques Pereira com os realizadores e a actriz



O SILÊNCIO DE LORNA - LE SILENCE DE LORNA, De Jean-Pierre e Luc Dardenne, com Arta Dobroshi, Jérémie Renier; Drama; 106m; M/12; ALE/BEL/FRA/ITA; 2008

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Europeu