Estoril, dia 9: os premiados

Estoril Film Festival  

Estoril, dia 9: os premiados

O filme vencedor do Estoril Film Festival é "Tilva Rosh" da Sérvia - um olhar sobre uma juventude sem causas conseguiu o prémio de melhor filme e ainda uma menção honrosa.

O realizador sérvio Nikola Lezaic, apresentou "Tilva Rosh" como o testemunho de uma juventude que vive alheada da luta social e política do país. Os dois protagonistas preenchem os dias entre o skate e os vídeos amadores, indiferentes à paisagem que os rodeia, na localidade de Bor, que foi uma das maiores minas de cobre da Europa, mas que hoje em dia, não é mais do que um imenso buraco esquecido e improdutivo.

Foi escolhido como o melhor filme da edição 2010, e recebeu também o prémio Cineuropa, atribuído a um filme que realce a ideia de dialogo e integração europeia.

No filme "Copacabana", Isabelle Huppert é uma mulher extravagante, com dificuldade de assentar nas relações amorosas e profissionais, e perseguida pelo sonho de uma viagem ao Brasil. Um desempenho onde contracena com a filha Lolita Chammah e que lhe valeu o prémio especial do júri João Benárd da Costa.

Nos prémios oficiais do Estoril, o filme russo "Reverse motion" de Andrey Stempkovsky também foi contemplado, pelo argumento escrito pelo realizador e pela dupla Anush Vardanyan, Givi Shavgulidze. Um drama em torno da relação de mãe e filho, afectada pela suposta morte do filho enquanto soldado. O filme recebeu ainda uma menção honrosa pela direcção de fotografia.


Palmarés


Melhor Filme

"Tilva Rosh", de Nikola LEZAIC (Sérvia)

 

Prémio Especial do Júri - João Bénard da Costa

Isabelle HUPERT, "Copacabana" (França)

 

Prémio Montblanc - Argumento

"Reverse Motion" (Rússia)

 

Menção Honrosa - Fotografia

"Reverse Motion" (Rússia)

 

Prémio Cineuropa

"Tilva Rosh", de Nicola LEZAIC (Sérvia)

 

Prémio L'Oreal Jovem Talento 2010

Joana de VERONA


por
publicado 22:06 - 15 novembro '10

Recomendamos: Veja mais Artigos de Estoril Film Festival