Festival Internacional de Cinema e Literatura de Olhãoregressa em julho

Festival  

Festival Internacional de Cinema e Literatura de Olhão regressa em julho

O festival mantém o essecial da programação e aposta nas atividades em espaços abertos.

Já há novas datas para o FICLO. Depois do adiamento forçado pela emergência de saúde pública, o Festival de Cinema e Literatura de Olhão vai realizar-se entre 15 e 21 de julho, mantendo o essencial da programação de filmes e actividades paralelas anunciadas em março e com ajustes de exibição em concordância com as recomendações emitidas pelas autoridades.

Tirando partido das condições climatéricas da região, o evento volta com mais actividades ao ar livre, com lugares marcados e sentados. O pátio da República 14 passará assim a ser um ponto central das exibições da competição internacional de filmes, a serem mostrados aqui em ambiente aberto.

A selecção deste ano inclui nove obras de produção recente, que exploram formas diversas de relato fílmico unidas pela viagem como temática da literatura universal ao longo dos séculos.

Garantida está também a retrospectiva sobre a obra do realizador espanhol Albert Serra, que incluirá todas as obras com ligação à literatura, incluindo o mais recente "Libertè", estreado no primeiro trimestre deste ano.

O mesmo acontecerá com o ciclo italiano, que percorre a cinematografia, que, desde o pós-guerra, leva a narrativa contemporânea ao cinema. O ciclo integra clássicos de Rossellini, Visconti, Antonioni e Pasolini, propondo uma lista de filmes que se valem da estrutura narrativa e da temática da viagem para a exploração da identidade, outro dos grandes assunto da literatura contemporânea.

Adiado fica o ciclo do "Gótico Tropical" que pretendia explorar a inquietação e as sombras. De acordo com a direcção do festival, “a relação dos géneros com a problematização do passado e presente perturbadores, resulta actual por excesso e, como tal, perde sentido de conveniência e relevância no actual cenário”.

Serão também adiadas algumas das actividades paralelas previstas que pela sua natureza, não
conseguiriam acontecer sem que com isso se comprometesse a segurança dos intervenientes.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Festival