Forever young

Mais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Norte-americano  

Forever young

Como encarar a questão do tempo no filme "O Estranho Caso de Benjamin Button"? Brad Pitt é velho ou novo?

Curiosa a abordagem do jornal Metro (edição de quinta-feira, dia 15) mostrando a imagem de Brad Pitt envelhecido e que corresponde à personagem de Benjamin Button com cerca de 50 anos. O título "Brad Pitt como nunca gostaria de o ver..." antecipa algo que é evidente - o nosso temor perante o envelhecimento.

Mas esta perspectiva contraria a narrativa cronológica do filme. Benjamin Button nasce com 80 anos e sabemos de antemão que recuperará a sua juventude à medida que o tempo for passando. Ou seja, quem entra no filme parte na expectativa de que verá Brad Pitt rejuvenescido. Mas até quando? Até que idade?

A perspectiva do Metro lembrou-me o comentário de uma amiga que aprecia o actor. Ao contar-lhe do que tratava a história e ao explicar-lhe que Pitt rejuvenescia imenso, acompanhado a idade da sua personagem quase até à adolescência, ela não conteve uma expressão entusiasmada: "então é um filme bom para as vistas!". Sem dúvida.

A notícia optimista anunciaria "Brad Pitt como já o vimos e podemos ver de novo". E reforçaria: "Como ele foi e como ele é", acompanhada por uma imagem do actor com os 45 anos feitos em Dezembro mas aparentando uma idade que corresponde aos 25 anos de Benjamin Button... Esse momento do filme onde a caracterização digital faz com que Brad Pitt pareça ser ainda mais novo do que o jovem actor que todos descobrimos há 17 anos em "Thelma & Louise", de Ridley Scott.

Benjamin Button na casa dos 20 anos ou Brad Pitt com 45 anos e "forever young"

Prodigioso este filme que encena novas possibilidades narrativas - e noticiosas, já agora! - através da manipulação visual da idade de um actor. É por este motivo que "O Estranho Caso de Benjamin Button" é um filme mágico e que inaugura um novo tempo, cujas possibilidades ainda estão por explorar.

O ESTRANHO CASO DE BENJAMIN BUTTON - THE CURIOUS CASE OF BENJAMIN BUTTON, De David Fincher, com Brad Pitt, Cate Blanchett, Tilda Swinton; Drama, Romance; 159 min; M/12; EUA; 2008

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais CinemaMais CinemaMais CinemaCinema Norte-americano