COVID-19 leva ao adiamento de Terra Nova, do Festival Monstra e da Festa do Cinema Italiano

Mais Cinema  

COVID-19 leva ao adiamento de "Terra Nova", do Festival Monstra e da Festa do Cinema Italiano

O Cinema São Jorge, em Lisboa, Campo Alegre, no Porto, e várias salas pertencentes a universidades também vão fechar portas temporariamente.

Artigo recomendado:
COVID-19 leva ao adiamento de Terra Nova, do Festival Monstra e da Festa do Cinema Italiano
Cinema Asiático
Coronavirus obriga a cancelar as estreias do ano novo lunar na China A medida é um severo golpe para a indústria cinematográfica chinesa que contava arrecadar perto de mil milhões de dólares na época mais ...

Face aos recentes desenvolvimentos relacionados com a evolução do COVID-19 (Coronavirus) e tendo em conta a relevância do filme "Terra Nova" para o cinema português, a Cinemate e a NOS Audiovisuais decidiram adiar a estreia para nova data a anunciar brevemente, anunciou esta tarde o distribuidor.

A longa-metragem de Artur Ribeiro, rodada no Mar da Noruega e baseada na obra literária ‘O Lugre de Bernardo Santareno’ tinha estreia marcada para 19 de março.
É a primeira estreia de uma produção nacional adiada à luz da recente epidemia que conta com 41 casos confirmados em Portugal.

O Festival de Animação de Lisboa - Monstra, que cumpriria 20 anos nesta edição a decorrer de 18 a 29 de março, em várias salas de Lisboa, foi adiado "e provavelmente vai ser realizado noutros moldes", disse à agência Lusa fonte da organização.

Também a Festa do Cinema Italiano, com início a 1 de abril, foi adiada hoje de acordo com um comunicado da Associação Il Sorpasso."Sendo um evento que recebe milhares de pessoas e devido ao aumento da gravidade da situação em Itália e em Portugal, a organização considera que não estão reunidas as condições para a sua realização e para o bem de todos." lê-se no comunidado dos organizadores onde a Il Sorpasso mostra ainda a solidariedade com os acontecimentos verificados em Itália, Portugal e no resto do mundo.

O CINEMAX soube ainda que o FICLO - Festival Internacional de Cinema e Literatura de Olhão, agendado de 28 de março a 5 de abril também foi anulado.

Algumas salas de cinema começam também a encerrar temporariamente como medida de prevenção. Aos cinemas portuenses pertencentes à Câmara Municipal, Rivoli e Campo Alegre, juntou-se hoje o Cinema São Jorge, em Lisboa, que encerra de 11 de março a 3 de abril. Também a Sala Fernando Lopes, da Universidade Lusófona, em Lisboa, e o Teatro Académico Gil Vicente, em Coimbra, deixam de projetar cinema seguindo as diretivas das respetivas universidades.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Mais Cinema