IndieLisboa 2019 anuncia programação completa

Festival  

IndieLisboa 2019 anuncia programação completa

A competição nacional contará com 17 obras onde pontuam nomes como Margarida Gil, Tiago Hespanha, ou Ico Costa.

Mais de duas centenas e meia de filmes integram a programação do próximo IndieLisboa 2019 que acontece entre 2 e 12 de maio. Este ano, o festival aposta num olhar transversal sobre a cinematografia brasileira na secção Herói Independente, dedica um ciclo retrospectivo à musa do cinema francês Anna Karina enquanto, na secção Silvestre, destaca, entre outros, o trabalho da dupla Caroline Poggi e Jonathan Vinel. A tudo isto junta-se, como é costuma as propostas da produção recente nas competições principais e IndieJúnior.

Esta terça-feira, os organizadores deram a conhecer os 17 filmes da competição nacional, uma das áreas que mais espectadores tem trazido às sessões do Indie.

Vencedor do principal prémio do programa First Look no Festival de Locarno para obras em fase de pós-produção e é o único filme nacional seleccionado para o Festival Cinéma du Réel, "Campo", de Tiago Hespanha, é um filme-ensaio na maior base militar da Europa, que reflecte sobre o físico e humano, o transcendente e mundano.

Felipe Bragança e Catarina Wallenstein buscam em "Tragam-me a Cabeça de Carmen M." uma representação histórica do Brasil. Ana a personagem principal mergulha no actual pesadelo político brasileiro, enquanto se prepara para encarnar o papel da fantástica luso-brasileira Carmen Miranda.

Ico Costa regressa ao IndieLisboa com "Alva", a primeira longa metragem do realizador que visita a história de Henrique, um homem que após cometer um homicídio, se refugia na floresta. Rodado em 16mm, num estilo progressivamente imersivo, a obra transporta-nos para esse espaço de solidão, questionando-nos sobre o que realmente move o protagonista.

De volta está também Catarina Ruivo, com "A Minha Avó Trelototó". Um filme sobre a ausência, juntando tempos e registos (vídeos, cartas, fotografias) numa homenagem tocante à memória da avó da realizadora.

Baseado na peça homónima de Tiago Rodrigues, "Tristeza e Alegria na Vida das Girafas" acompanha a aventura de uma menina e do seu urso de peluche suicida por uma Lisboa onde a crise espreita a cada encontro. Realizado por Tiago Guedes ("Coro dos Amantes", IndieLisboa 2014), esta é uma comédia doce e triste que conta com os desempenhos de Miguel Borges, Tonan Quito, Maria Abreu, Gonçalo Waddington e Miguel Guilherme.

Em "Mar", Margarida Gil resume a memória da epopeia marítima portuguesa, a polaridade Ocidente/Oriente e o embate com o actual drama dos refugiados. O filme conta com as interpretações de Maria de Medeiros, Pedro Cabrita Reis, Catarina Wallenstein, Nuno Lopes e Augusto Amado.

Nas curtas, palavra especial para as estreias dos filmes de Susana Sousa Dias (Fordlândia Malaise), Catarina Mourão (O Mar Enrola na Areia), Pedro Cabeleira (Filomena) e Jorge Jácome (Past Perfect).

A produção nacional recente marca presença também nas sessões especiais, com a estreia nacional de "Hotel Império" de Ivo Ferreira, que trará também ao festival a antesestreia da série "Sul", "Understory", de Margarida Cardoso, "Donzela Guerreira", de Marta Pessoa e "Um Ramadão em Lisboa", de Catarina Alves Costa, Amaya Sumpsi e Carlos Lima.

A descobrir ainda na programação completa do IndieLisboa 2019 a sessão especial de animação polaca infantil dos anos 60 e 70, um cine-concerto realizado em parceria com a Casa da Música, os filmes mais extremos da secção Boca do Inferno, o programa de conversas e indústria do evento, assim como momentos vários de encontro entre o cinema e outras áreas artísticas.

A 16ª edição do IndieLisboa – Festival Internacional de Cinema decorre de 2 a 12 de Maio no Cinema São Jorge, Culturgest, Cinema Ideal e na Cinemateca Portuguesa.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Festival