IndieLisboa abre com filmes franceses
Ilich Ramírez Sanchez aka Carlos, o chacal, biogrado por Assayas

Festival  

IndieLisboa abre com filmes franceses

Obras recentes de Olivier Assayas e Xavier Dolan escolhidos para a noite inaugural.

Trailer/Cartaz/Sinopse:
 IndieLisboa abre com filmes franceses
Carlos Figura chave do terrorismo internacional dos anos 70 e 80, Carlos, "o Chacal", foi simultaneamente associado à extrema-esquerda e considerado um mercenário oportunista ao serviço dos serviços secretos de governos asiáticos. Aliando-se ao activismo pró-palestiano, constituiu a sua própria organização, instalando-se do outro lado da cortina de ferro. Manipulador e manipulado, foi um personagem ...
Artigo recomendado:
IndieLisboa abre com filmes franceses
Épico
Carlos, o épico biográfico
que marca o festival de Cannes
Novo filme de Olivier Assayas sobre o terrorista venezuelano foi exibido em selecção oficial fora de competição
Vídeo:
IndieLisboa abre com filmes franceses
8ª edição IndieLisboa: antevisão Luisa Sequeira destaca linhas gerais da programação de um festival que assume a crise mas não baixa os braços.

O IndieLisboa será inaugurado hoje, quinta-feira, dia 5 de Maio, com "Carlos", de Olivier Assayas, às 21h15, no Grande Auditório da Culturgest. Na primeira noite do festival também será exibido “Les Amours Imaginaires”, de Xavier Dolan. 
 
O filme de Assayas retrata Carlos, uma figura chave do terrorismo internacional, nos anos 70 e 80. Este drama biográfico tem a duração de 162 minutos e nasceu a partir de um projecto para uma mini-série de televisão, já exibida pelo Canal +.

A versão cinematográfica vai estrear em Portugal no dia 2 de Junho.

O IndieLisboa vai ser inaugurado com dois filmes que foram bem acolhidos no Festival de Cannes 2010. Além de "Carlos", exibido na selecção oficial fora de copetição, o Indie programa "Les Amours Imaginaires", do quebequiano Xavier Dolan, que esteve na secção Un Certain Regard. É um filme sobre três amigos íntimos que se envolvem num triângulo amoroso.

O próximo IndieLisboa vai estrear outros filmes que fizeram o circuíto dos principais festivais europeus, nomeadamente Cannes e Veneza: "Post Mortem", de Pablo Larraín, "Neds", de Peter Mullan, e "Meek's Cutoff", de Kelly Reichardt, "Kaboom", de Gregg Araki, e "Essential Killing", de Jerzy Skolimowski.

Outros destaques da programação da próxima edição do Festival Internacional de Cinema Independente IndieLisboa são "Homme" au Bain", de Christophe Honoré, "Mulberry St", de Abel Ferrara, e "A Letter to Elia", documentário sobre Elia Kazan, de Martin Scorsese e Kent Jones.

O IndieLisboa 2011 decorrerá de 5 a 15 de Maio, no Cinema São Jorge, Culturgest, Teatro do Bairro e Cinemateca Portuguesa.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Festival