Irão protesta contra seleção de filme iraniano em Cannes

Cannes 2022  

Irão protesta contra seleção de filme iraniano em Cannes

"Holy Spider" conta a história de um assassino em série de prostitutas numa cidade da república islâmica

Artigo recomendado:
Irão protesta contra seleção de filme iraniano em Cannes
Cannes 2022
"Triangle of Sadness" vence o Festival de Cannes Cinco anos após o triunfo com "O Quadrado", o sueco repete a Palma de Ouro.

As autoridades de Teerão disseram na quarta-feira terem enviado um protesto oficial a França contra a selecção do filme "Holy Spider" pelo Festival de Cannes.

Dirigido por Ali Abbassi, realizador dinamarquês de origem iraniana, o filme, que conta a história de um assassino em série de prostitutas numa cidade santa da república islâmica, integrou a selecção oficial da 75ª edição do festival, que não está oficialmente ligado ao governo francês.

A atriz iraniana Zar Amir Ebrahimi ganhou o prémio de melhor actriz pelo seu papel no filme.

"Protestamos formalmente junto do governo francês", disse o ministro iraniano da Cultura, Mohammad-Mehdi Esmaili, à televisão estatal. A selecção deste filme é "completamente política" e visa "mostrar uma má imagem da sociedade iraniana", acrescentou ele. "Vamos certamente ter este assunto em conta nas nossas trocas culturais", continuou sem elaborar.

A Organização do Cinema Iraniano, filiada no Ministério da Cultura, já tinha protestado na segunda-feira contra a decisão "política" de seleccionar o filme para o Festival de Cinema de Cannes, que se realizou de 17 a 28 de maio.

O filme baseia-se na história real de um homem que matou 16 prostitutas no início dos anos 2000 na cidade de Mashhad, no nordeste do país. Zar Amir Ebrahimi interpreta um jornalista que tenta desvendar o mistério dos assassinatos, mas é confrontado com o machismo de uma sociedade patriarcal.

Os principais realizadores iranianos ganharam prémios em Cannes, incluindo Abbas Kiarostami (que ganhou a Palma em 1997) e Asghar Farhadi, que ganhou duas vezes o Óscar de melhor filme em língua estrangeira e fez parte do júri este ano.

por

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2022