Jean Rouch já pode ser visto em DVD
Jean Rouch em África: uma (re)descoberta em DVD

Edições em DVD  

Jean Rouch já pode ser visto em DVD

Foi um dos grandes mestres do tempo da Nova Vaga francesa, mas continuava ausente do mercado português do DVD: agora, podemos aceder à obra de Jean Rouch através de uma caixa com seis títulos das décadas de 1950/60.

É, sem dúvida, um paradoxo. Mas é um paradoxo feliz: apesar das dificuldades de difusão dos grandes clássicos nas salas (e na maior parte dos espaços televisivos), a Nova Vaga francesa está muito bem representada no mercado português do DVD. Os filmes de vários cineastas que mudaram o panorama do cinema há cerca de meio século (Jean-Luc Godard, François Truffaut, Eric Rohmer, etc.) estão na sua maioria disponíveis em edições nacionais.

Agora é a vez de Jean Rouch (1917-2004) chegar a essas edições com uma caixa com nada mais nada menos que seis títulos realizados ao longo dos anos 50/60, bem reveladores do seu empenho em conhecer os complexos contrastes do continente africano.

O destaque vai, desde logo, para "A Pirâmide Humana" (1959), uma crónica documental sobre um liceu de Abidjan, Costa do Marfim, que Rouch transforma num precoce exercício de documentário & ficção: os alunos representam os seus próprios papéis, refazendo a realidade através da sua singular encenação, misto de crítica e ironia.

Outro título célebre é "A Caça ao Leão com Arco" (1965), rodado numa aldeia nos confins do Mali, fixando, em particular, um processo de caça desencadeado quando os leões atacam o gado de uma tribo. Completam a edição: "Os Mestres Loucos" (1955), sobre os emigrantes das zonas pobres do Níger; "Eu, um Negro" (1957), sobre a tentativa de reconstruir uma existência na capital da Costa do Marfim; "Jaguar" (1965), sobre três amigos que decidem tentar a sua sorte na cidade de Accra; e "Pouco a Pouco" (1969), continuando a seguir a experiência dos protagonistas de "Jaguar".

por
publicado 13:06 - 20 novembro '11

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cinema EuropeuDVD