Jim Jarmusch na competição de Cannes
Tom Hiddleston Tilda Swinton em "Only Lovers Left Alive".

Cannes 2013  

Jim Jarmusch na competição de Cannes

"Only Lovers Left Alive", o filme sobre vampiros de Jim Jarmusch, compete pela Palma de Ouro. É a oitava presença do realizador no Festival.

Artigo recomendado:
Jim Jarmusch na competição de Cannes
Cannes 2013
Cannes 2013: a seleção oficial integral Steven Soderbergh, Roman Polanski e os irmãos Coen surgem numa seleção com forte presença francesa, norte-americana e asiática. Valeria ...

A seleção oficial do Festival de Cannes passa ter vinte filmes em competição pela Palma de Ouro (ver seleção integral no artigo recomendado). A direção do festival acrescentou "Only Lovers Left Alive", o mais recente do norte-americano Jim Jarmusch, uma história de vampiros.

Com esta escolha Jarmusch garante a sua oitava participação no festival de Cannes, desde que ganhou a Câmara de Ouro, prémio para melhor primeira obra, com "Estranhos no Paraíso", em 1984.

Depois disso, o realizador venceu a Palma de Ouro para melhor curta-metragem, em 1993,  com "Coffe and Cigarettes 3", terceira parte da sua antologia onde documenta breves encontros com atores e músicos.

O realizador também ganhou o grande prémio do júri com "Flores Partidas (2005), naquela que foi a a sua mais recente presença no festival até à data. Além disso apresentou "Down By Law" (1986), "Comboio Mistério" (1989), "Dead Man - Homem Morto" (1995), "Ghost Dog - O Método do Samurai" (1999).

"Only Lovers Left Alive", é um filme que aborda o universo da música e das histórias românticas de vampiros. Tom Hiddleston interpreta o papel de um cantor que vê o seu relacionamento de séculos com a amante (Tilda Swinton) ameaçado pela irmã dela, interpretada por Mia Wasikowska .

Além de Jarmusch, a direcção do festival inseriu na seleçõa oficial fora de competição o documentário francês "Le Dernier Des Injustes", de Claude Lanzmann. É um filme sobre a memória do holocausto, centrado na figura do rabi Benjamin Murmelstein, um funcionário judeu em Viena, e no seu papel ambivalente durante a ocupação nazi.

Na secção paralela Un certain Regard foram incluídas mais três obras: "My Sweet Pepperland", de Hiner Saleem, "Tore Tanzt", de Katrin Gebbe, e "Wakolda", da argentina Lucia Puenzo.

por
publicado 16:20 - 29 abril '13

Recomendamos: Veja mais Artigos de Cannes 2013